CDC recomenda doses de reforço para profissionais de saúde e professores nos EUA

CDC recomenda doses de reforço para profissionais de saúde e professores nos EUA

Por Fidel Forato | Editado por Luciana Zaramela | 24 de Setembro de 2021 às 10h45
Rthanuthattaphong/Envato Elements

Na sexta-feira (25), o Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) anunciou que as doses de reforço contra a covid-19 da vacina da Pfizer/BioNTech poderão ser aplicadas em trabalhadores com alta exposição, como profissionais da saúde e professores, por exemplo. A decisão foi comunicada pela diretora da agência federal dos Estados Unidos, Rochelle Walensky.

Na quinta-feira (23), um comitê consultivo sobre práticas de imunização do CDC recomendou que os reforços das vacinas contra a covid-19 fossem direcionados apenas para pacientes com alto risco de complicações em decorrência da infecção pelo coronavírus SARS-CoV-2, como idosos. No entanto, o parecer excluía profissionais de saúde, professores e outros trabalhadores cujos empregos os colocam em maior risco de exposição.

Agência federal dos EUA orienta que doses de reforço devem ser aplicadas em profissionais com alto risco de exposição ao coronavírus (Imagem: Reprodução/FabrikaPhoto/Envato Elements)

Com uma decisão mais abrangente do que a recomendada, a diretora do CDC acabou alinhada com a conclusão da Food and Drug Administration (FDA), outra agência norte-americana, análoga à nossa Anvisa. Isso porque o comitê da FDA optou por recomendar reforços contra a covid-19 para idosos (mais de 65 anos), pessoas com alto risco de infecção e trabalhadores com elevado risco de exposição.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A partir do anúncio, os EUA devem lançar, nesta semana, um abrangente plano para a aplicação de doses de reforço na população autorizada. De acordo com a plataforma Our World in Data, 54% dos norte-americanos já receberam o esquema vacinal completo, ou seja, as duas doses ou o imunizante de dose única contra a covid-19.

Vale lembrar que o parecer do CDC é válido apenas para aqueles que se imunizaram com a fórmula da Pfizer/BioNTech. Isso porque não foi considerada, durante a discussão, a situação daqueles que se imunizaram com a fórmula da Moderna ou da Janssen (Johnson & Johnson).

Fonte: NYT e Our World in Data    

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.