Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Cannabis na juventude aumenta chance de psicose no futuro

Por| Editado por Luciana Zaramela | 20 de Maio de 2024 às 09h50

Link copiado!

Diyahna Lewis/Unsplash
Diyahna Lewis/Unsplash

O consumo de cannabis na juventude pode aumentar as chances de episódios psicóticos na vida adulta. É isso o que sugere um estudo publicado na revista científica Addiction. Para chegar a essa conclusão, pesquisadores do Reino Unido analisaram 1.560 pessoas.

A parceria entre a University of Bath e a University of Bristol permitiu ver que a cannabis de alta potência (como a skunk) pode ter efeitos negativos a longo prazo.

Esses dados vêm do projeto Children of the 90s, que começou em Bristol há mais de 30 anos, reunindo informações e dados de milhares de famílias em toda a cidade. Basicamente, os participantes são analisados desde seu nascimento.

Continua após a publicidade

Quando tinham 16 a 18 anos, os participantes foram questionados sobre o uso recente de cannabis. Alguns anos depois, aos 24, contaram sobre episódios psicóticos, como alucinações ou delírios.

Com base nessas análises, os pesquisadores britânicos perceberam que 6,4% dos que consumiram cannabis na juventude tiveram episódios psicóticos, em comparação com 3,8% dos não consumidores.

Já no que diz respeito a skunk, especificamente, 10,1% dos jovens que consumiram relataram episódios psicóticos depois.

"Os jovens aos quais perguntamos não haviam relatado anteriormente essas experiências antes de iniciarem o consumo de cannabis. Isto aumenta a evidência de que o uso de cannabis de maior potência pode impactar negativamente a saúde mental", argumenta a principal autora do estudo, Lindsey Hines.

“As descobertas mostram a importância de compreender os efeitos a longo prazo do uso de cannabis mais potentes nos jovens”, completa a pesquisadora.

Cannabis na juventude afeta cérebro

As novas informações podem chegar para completar o que estudos anteriores já vinham destacando, de que a cannabis na adolescência pode atrapalhar o desenvolvimento do cérebro.

Continua após a publicidade

O periódico JAMA Psychiatry, incusive, diz que a região mais afetada pelo consumo de cannabis na adolescência seria relacionada à orientação e tomada de decisões.

Episódios psicóticos

Os episódios psicóticos podem ser definidos como um estado de desorganização mental, que atrapalha a representação da realidade. Os principais sintomas envolvem delírios e alucinações (falsas percepções, como ouvir, ver ou sentir algo que não existe).

Em paralelo a esse novo estudo, desde o ano passado, a University of Oxford (também do Reino Unido) está concentrada em observar possíveis efeitos da cannabis contra a psicose, o que pode ajudar a entender melhor como é essa relação e se a substância ajuda ou atrapalha.

Continua após a publicidade

Fonte: Addiction, University of Bath