Britânico paralítico caminha 180 km com ajuda de exoesqueleto motorizado

Por Nathan Vieira | 04 de Março de 2021 às 13h30
Reprodução/BBC News

A tecnologia vem para servir soluções à vida das pessoas, e ajudar a superar obstáculos. E foi o que aconteceu com o britânico Simon Kindleysides, de 36 anos, que tem paralisia da cintura para baixo. Ele usou um exoesqueleto motorizado para realizar uma maratona beneficente, e chegou a caminhar por 180 quilômetros, arrecadando 12 mil libras (o equivalente a R$ 96 mil) para o Norfolk and Norwich Hospitals Charity.

O britânico usou um traje de exoesqueleto para andar pelo menos 6,5 quilômetros todos os dias ao longo do mês de fevereiro. Ele superou sua meta de completar 180 quilômetros ao longo do mês e disse em entrevista à BBC News que estava muito satisfeito por ter superado o desafio.

Kindleysides foi diagnosticado com um tumor cerebral inoperável em 2013, que o deixou paralisado da cintura para baixo. Em 2018, ele conseguiu completar a Maratona de Londres por meio de um traje robótico. Foi então que um doador misterioso comprou o exoesqueleto, que custa 100 mil Libras (cerca de R$ 803 mil).

Kindleysides caminhando com seu exoesqueleto motorizado (imagem: Reprodução/BBC News)

O traje é uma máquina móvel vestível que funciona em conjunto com o usuário, projetada para melhorar ou restaurar o desempenho humano, mas cada traje funciona de uma maneira diferente. No caso de Kindleysides, o exoesqueleto é conectado com um smartwatch. Kindleysides decidiu pela meta de seis quilômetros por dia, porque essa é a distância máxima que o traje consegue cobrir antes de precisar ser recarregado.

Os fundos arrecadados com seu desafio serão doados para a ala de cirurgia infantil e unidade de terapia intensiva do hospital britânico NHS. Durante entrevista à BBC, ele admitiu: "Estou aliviado, muito feliz por ter acabado".  No entanto, o britânico já tem um próximo desafio em mente: escalar um arranha-céu de Londres de nada menos que 58 andares.

Fonte: BBC via Futurism

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.