Boletim: foram registrados 800 óbitos por COVID-19 no Brasil até o momento

Por Fidel Forato | 08 de Abril de 2020 às 18h56
Reprodução

Em coletiva de imprensa transmitida pelas redes sociais, o Ministério da Saúde atualizou os números do novo coronavírus (SARS-CoV-2) no Brasil. Até às 14h de hoje (8), o governo federal contabilizou 800 óbitos, o que representa um aumento de 133 vítimas fatais da COVID-19 em relação aos últimos dados anunciados.

De acordo com as informações compartilhadas individualmente pelas Secretarias Estaduais de Saúde, são 15.927 casos da COVID-19 no país. Esse número é resultado da soma de 2.210 novos casos confirmados nas últimas 24h.

Nesse cenário, a taxa de letalidade da pandemia no Brasil sobre para 5%. Entre os outros países do mundo que registram pacientes com o novo coronavírus, o país é o 14º em número total de casos, atrás de nações como os Estados Unidos, a Espanha e a Itália — os três primeiros colocados, respectivamente.

COVID-19 no Brasil

A taxa de incidência nacional da COVID-19 na população brasileira é de 7,5 casos para cada 100 mil habitantes. A partir dessa métrica, estão em situação de emergência (50% acima da incidência nacional) Amazonas, Distrito Federal, São Paulo, Ceará, Amapá e Rio de Janeiro. Já Roraima vive estado de atenção (a taxa está entre 50% e a incidência nacional).

Com 59,6% dos casos da COVID-19 confirmados, o Sudeste é o epicentro da infecção no país. Na região, segundo o relatório, são 9.487 pacientes infectados pelo novo vírus. Em segundo lugar está o Nordeste, com 2.825 casos confirmados, seguido pelo Sul (1.551 casos), Norte (1.222) e Centro-Oeste (842).

Com 800 óbitos, taxa de letalidade da COVID-19 chega a 5% no Brasil (Imagem: Reprodução/Ministério da Saúde)

São Paulo é o estado com o maior número de casos, podendo ser considerado o epicentro mais localizado da infecção com 428 mortes e 6.708 casos confirmados da doença. Outros dois estados registram elevados números da COVID-19: Rio de Janeiro, com 1.938 casos e 106 óbitos; e o Ceará, que apresenta 1.291 casos e 43 óbitos. Também chamam atenção pelos números da COVID-19 dois outros estados: Pernambuco (401 casos e 46 mortes) e Amazonas (804 casos e 30 óbitos).

Além desses estados, as mortes estão localizadas nas seguintes unidades da federação: Paraná (17); Bahia (15); Santa Catarina (15); Minas Gerais (14); Distrito Federal (12); Maranhão (11); Rio Grande do Norte (11); Rio Grande do Sul (9); Goiás (7); Espírito Santo (6); Pará (6); Piauí (5); Paraíba (4); Sergipe (4); Acre (2); Alagoas (2); Amapá (2); Mato Grosso do Sul (2); Mato Grosso (1); Rondônia (1); Roraima (1).

Apenas o estado de Tocantins não tem, até o momento, mortes confirmadas pela doença, mas também registra casos confirmados, assim como os demais estados brasileiros. Até o momento, o governo federal ainda não divulga dados sobre a quantidade de pacientes curados da COVID-19.

Entre suas iniciativas de transparência perante essa pandemia, o Ministério da Saúde também atualiza a nova plataforma online sobre o novo coronavírus. Além de dados, esse painel traz análises como a evolução da COVID-19 com porcentagens, gráficos e sua distribuição pelo território. Para acessar, clique aqui.

Atualização: o aumento do número de óbitos registrados nas últimas 24h foi corrigido, após um erro no texto oficial (imagem abaixo) também ter sido retratado.

Captura de tela: Reprodução/Ministério da Saúde

Fonte: Ministério da Saúde

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.