Bill Gates "previu" uma pandemia em palestra dada há cinco anos

Por Felipe Ribeiro | 17 de Março de 2020 às 11h59
Business Insider
Tudo sobre

Bill Gates

Saiba tudo sobre Bill Gates

Talvez possa parecer um exagero dizer que Bill Gates tenha previsto ou profetizado a pandemia de coronavírus em uma palestra, mas o que o fundador da Microsoft falou nessa apresentação faz todo o sentido e, dependendo de sua percepção, pode, sim, ser assustador - e preciso. Em palestra chamada "O próximo surto? Não estamos preparados", dada em 2015 para o Ted Talks, Gates fez algumas análises e comparações que podem ser muito bem utilizadas no cenário atual.

"Quando eu era criança, o desastre que mais temíamos era uma guerra nuclear. Hoje, o maior risco de catástrofe global não se parece com uma bomba, mas sim com um vírus. Investimos muito em armas nucleares, mas bem pouco em um sistema para barrar uma epidemia. Não estamos preparados. Atualmente, o maior risco de uma catástrofe global está em um vírus altamente infeccioso, não uma guerra. Se algo matar 10 milhões de pessoas nas próximas décadas, serão micróbios, não mísseis", disse ele.

As falas de Gates, que podem ser vistas na íntegra no vídeo abaixo, mostram que o gênio da informática e um dos homens mais ricos do mundo tem, de fato, uma visão macro de sociedade que poucas pessoas possuem. Isso, porém, não o deixa imune a ser chamado de alarmista, de louco ou, até mesmo, de aproveitador. Isso porque algumas pessoas já o acusam de ser um dos propagadores da COVID-19 para poder se aproveitar da pandemia depois.

Alguns perfis aproveitaram a lembrança desse vídeo para acusar o cofundador da Microsoft de usar a pandemia de coronavírus para testar kits e testes da doença em pessoas, insinuando, inclusive, que uma visita recente do empresário à China poderia fazer parte dessa estratégia macabra. É bom lembrar, contudo, que a Bill & Melinda Gates Foundation está mesmo lançando um teste caseiro em Seattle.

E aí, amigo leitor? Será que Bill Gates profetizou a atual pandemia do novo coronavírus ou foi uma mera coincidência?

Fonte: TED via Republic World e Tilt

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.