Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Aplicação de injeção única pode ajudar pacientes com diabetes tipo 2

Por| Editado por Luciana Zaramela | 12 de Julho de 2023 às 13h44

Link copiado!

Dolgachov/Envato Elements
Dolgachov/Envato Elements

A semaglutida, embora tenha chamado muita atenção por causar perda de peso, é originalmente desenvolvido para diabetes. Comercialmente, o medicamento é conhecido como Ozempic e Wegovy. No entanto, um problema enfrentado é o abandono do tratamento. E foi com base nisso que uma empresa chamada Fractyl Health passou a desenvolver uma injeção única para ajudar paciente com diabetes tipo 2.

Por enquanto, a terapia genética ainda está nos estágios iniciais do desenvolvimento. Sua premsisa é reduzir o açúcar no sangue e o peso corporal usando o mesmo mecanismo da semaglutida, que é tomada como injeções semanais, imitando um hormônio chamado GLP-1 (liberado no intestino em resposta à alimentação).

Na prática, uma das funções do GLP-1 é induzir o pâncreas a produzir insulina, que regula o açúcar no sangue. No diabetes tipo 2, o pâncreas não produz insulina suficiente, o que faz com que o açúcar no sangue se acumule.

Continua após a publicidade

O GLP-1 também interage com as partes do cérebro envolvidas no apetite e sinaliza uma sensação de saciedade, por isso as pessoas que tomam o medicamento tendem a ter menos desejos e comer menos.

Injeção de dose única para ajudar pacientes com diabetes tipo 2

Para administrar essa nova terapia ao pâncreas, a empresa desenvolveu um procedimento endoscópico que envolve a inserção de uma agulha fina presa a um cateter que desce pela garganta até o trato gastrointestinal.

Os cientistas da Fractyl testaram a segurança do procedimento em 50 porcos, que têm um pâncreas anatomicamente semelhante ao dos humanos. O procedimento entregou com sucesso a terapia genética às células, e nenhum efeito colateral adverso foi observado nos animais.

Continua após a publicidade

Mas vale lembrar que já existe uma forma alternativa de administrar a semaglutida: por meio de comprimido. Só que essas pílulas ainda apresentam risco de efeitos colaterais gastrointestinais e também devem ser tomadas repetidamente.

Ainda não se sabe se a terapia genética do Fractyl causará efeitos colaterais semelhantes. No entanto, se a terapia genética de dose única funcionar e for segura, pode representar uma mudança de cenário no controle do diabetes e do peso.

O que é diabetes tipo 2?

Continua após a publicidade

Diabetes tipo 2 ocorre quando o corpo não aproveita adequadamente a insulina produzida. A causa da doença está diretamente relacionada ao sobrepeso, sedentarismo, triglicerídeos elevados, hipertensão e hábitos alimentares inadequados.

Os especialistas orientam que é essencial manter acompanhamento médico para tratar, também, dessas outras doenças, que podem aparecer junto com o diabetes. Trata-se do desenvolvimento de um processo autoimune do organismo, que começa a atacar as células do pâncreas.

Diabetes em si acontece quando a glicemia de jejum ultrapassa os 125 mg/dl. A doença pode causar o aumento da glicemia e as altas taxas podem levar a complicações no coração, nas artérias, nos olhos, nos rins e nos nervos. Em casos mais graves, o diabetes pode levar à morte.

Fonte: Diabetes Journal, Wired