5 efeitos estranhos (mas inofensivos) dos exercícios físicos no corpo humano

5 efeitos estranhos (mas inofensivos) dos exercícios físicos no corpo humano

Por Natalie Rosa | Editado por Luciana Zaramela | 19 de Novembro de 2021 às 09h40
Freepik

Os exercícios físicos fazem bem para a saúde, trazendo mais energia, prevenindo o desenvolvimento de doenças, melhorando o humor e o sono. Eles também trazem mais resistência e definição ao corpo. O processo de alcançar esses resultados, no entanto, é um tanto quanto esquisito, apesar de inofensivos.

Ao praticar exercícios físicos, independente de quais eles sejam, sentimos alguns efeitos estranhos no corpo que podem significar várias coisas, inclusive que você precisa modificar algo em seu treino ou controlar a empolgação. Se você não entendeu muito bem do que estamos falando, confira cinco efeitos "colaterais" que podem surgir com a prática das atividades físicas.

Imagem: Reprodução/Freepik

5. Nariz escorrendo e espirros

Se depois de um treino você tiver sintomas de rinite, como coriza, congestão e espirros, os motivos podem não ser simplesmente o contato com uma substância que causa alergia, mas sim um efeito dos exercícios.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Ainda não se sabe, exatamente, o motivo de alguns exercícios provocarem sintomas de rinite, mas os especialistas acreditam ser uma consequência da constrição dos vasos sanguíneos no nariz, além de, claro, uma possível respiração de ar poluído ou sensibilidade a algo que está no ambiente.

4. Músculos tremendo

Sabe quando você termina um treino pesado e percebe que está tremendo? Esse efeito pode acontecer por uma série de motivos, principalmente pela fadiga muscular, baixo nível de açúcar no sangue, desidratação ou consumo excessivo de cafeína antes do treino.

Raramente você precisa se preocupar com os tremores musculares, mas é sempre bom garantir que está bem alimentado, hidratado e não está avançando nos níveis de treino antes do recomendado. É possível também considerar a redução da ingestão de cafeína antes dos exercícios. Caso os tremores estejam acompanhados de tonturas, desmaios, vômitos ou convulsões, é preciso buscar ajuda médica imediatamente.

3. Gases e vontade de evacuar

Se você já teve uma crise de gases durante um treino, não precisa se envergonhar. A flatulência induzida por exercícios, como dizem os especialistas, acontece por diversos motivos, principalmente pelo fato de que a prática de exercícios acelera o processo de digestão, liberando todos os gases reprimidos.

Atividades físicas também podem trazer uma vontade incontrolável de evacuar. Inclusive, existe um fenômeno que acontece com corredores profissionais que é bastante comum, porém embaraçoso, porque pode não dar tempo de chegar ao banheiro.

Imagem: Reprodução/javi_indy/Freepik

2. Coceira nas pernas

Se você sente as pernas coçando durante ou após um treino, a culpa nem sempre é das roupas que você está usando, mas sim do aumento do fluxo sanguíneo. Quando isso acontece, as células capilares se expandem e estimulam as células nervosas, trazendo a sensação de coceira. Normalmente, o desconforto ocorre quando se está começando uma rotina de exercícios, sendo reduzida conforme a prática se torna um hábito.

1. Gosto de ferro ou metal na boca

Algumas pessoas podem acabar sentindo gosto de metal ou sangue durante ou depois de um treino, e isso pode significar que você está se exercitando mais do que deveria. Também não há muitas informações sobre a causa desse gosto na boca, mas existem hipóteses relacionadas às restaurações dentárias e cáries, irritação das mucosas, ou ainda a penetração de glóbulos vermelhos nos tecidos pulmonares.

Fonte: LifeHacker

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.