10 problemas que podem surgir se você não dormir bem

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 19 de Julho de 2021 às 13h35
megostudio/envato

Já sabemos que uma boa noite de sono é de suma importância. Mas você sabe o que acontece com o seu corpo quando você dorme mal? Pesquisadores ao redor do mundo já se dedicaram a responder essa pergunta.

10 - Danos na pele

Especialistas já chegaram a fazer um estudo com um grupo de pessoas entre 30 e 50 anos, avaliando seus hábitos de sono e o reflexo disso nas condições de sua pele. Os resultados da análise revelaram que os participantes que dormiram pouco tinham mais linhas finas, rugas, cor de pele irregular e flacidez acentuada da pele. Os participantes que não conseguiam dormir bem também estavam mais insatisfeitos com sua aparência do que aqueles que conseguiram descansar bem.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

9 - Risco de acidentes

Enquanto isso, a National Sleep Foundation constatou que as pessoas têm três vezes mais probabilidade de se envolver em um acidente de carro se dormirem 6 horas ou menos horas por noite. Segundo essa análise, os mais suscetíveis ​​são trabalhadores em turnos, motoristas comerciais, viajantes a negócios e qualquer outra pessoa que trabalhe em horas extras ou em horários diferenciados. O estudo ainda orienta a pensar duas vezes antes de tomar o volante, se não estiver dormindo o suficiente.

8 - Esquecimento

(Imagem: Fakurian Design/Unsplash)

De acordo com os especialistas, o sono é fundamental para o processo de consolidação das coisas que aprendemos no cérebro. Isso quer dizer que precisamos de descanso adequado para armazenar novas informações na memória. De acordo com alguns estudos, a falta de sono pode torná-lo mais esquecido. Além disso, há um número crescente de pesquisas indicando que o sono tem um impacto no aprendizado e na memória.

7 - Aumento de peso

Segundo um estudo hospedado na plataforma SpringerLink, a falta de sono pode causar perda de peso. Esse estudo examinou a relação entre sono e peso em 21.469 participantes com mais de 20 anos de idade. As pessoas que dormiam menos de 5 horas por noite durante o período de três anos do estudo eram mais propensas a ganhar peso e eventualmente se tornar obesas. Aqueles que dormiram entre 7 e 8 horas se saíram melhor na escala.

6 - Diminuição da libido

Já um estudo publicado no JAMA Network aponta que não dormir o suficiente pode reduzir seu desejo sexual. A análise aponta que os jovens que perderam o sono durante o período de uma semana mostraram uma diminuição nos níveis de testosterona. Dormir 5 ou menos horas reduziu os níveis de hormônio sexual em cerca de 10% a 15%. Os homens também relataram que seu humor geral e vigor diminuíam a cada noite consecutiva de descanso interrompido.

5 - Risco de diabetes

Outro risco relacionado com o sono é o de desenvolver diabetes. Pesquisadores examinaram dez estudos e concluíram que as pessoas que não dormem o suficiente aumentam o risco de desenvolver a doença em questão na idade adulta. Segundo essa pesquisa, o período de descanso ideal para evitar problemas de insulina que podem levar ao diabetes é de 7 a 8 horas.

4 - Problemas cognitivos

Outro alerta é que perder noites de sono pode levar a alguns problemas importantes de cognição. Em um estudo publicado pela Experimental Brain Research, um grupo de 18 homens recebeu uma tarefa para ser concluída. A primeira tarefa foi concluída após uma noite inteira de sono. A próxima tarefa foi concluída após pular uma noite de sono. As funções cerebrais, incluindo memória, decisões, raciocínio e resolução de problemas pioraram, junto com o tempo de reação e o estado de alerta.

3 - Risco de câncer

Segundo a American Academy of Sleep Medicine (AASM), o sono de curta duração está associado a taxas mais altas de câncer de mama, câncer colorretal e câncer de próstata. Por outro lado, homens e mulheres que dormiram 7 ou mais horas por noite tiveram as melhores taxas de mortalidade do grupo de participantes analisados pela academia. 

2 - Problemas no coração

(Imagem: Alexandru Acea/Unsplash)

De acordo com um estudo publicado no European Heart Journal, os sonos de curta duração (menos de 5 horas por noite) mostraram ter um impacto negativo na saúde do coração. O estudo levanta alerta para um risco maior de doença arterial coronariana (DAC), resultado da obstrução das artérias coronárias, ou seja, os vasos sanguíneos que irrigam o músculo do coração.

1 - Incapacidade de deter doenças

Por fim, perder o sono pode prejudicar a capacidade que o seu corpo tem de lutar contra doenças, o que abre as portas de entrada para doenças diversas. Os pesquisadores chegaram a apontar uma relação recíproca entre o sono e o sistema imunológico.

Fonte: European Heart Journal, SpringerLink, JAMA Network, National Sleep Foundation,  American Academy of Sleep Medicine via Healthline

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.