Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Receita da TSMC deve encolher nos próximos anos

Por| Editado por Jones Oliveira | 18 de Setembro de 2023 às 19h22

Link copiado!

Divulgação/TSMC
Divulgação/TSMC
Tudo sobre TSMC

Como uma das principais fabricantes de semicondutores com capacidade para produzir wafers com empacotamento avançado, as linhas de produção da TSMC estão no limite. Por essa razão, de acordo com relatório da Goldman Sachs Securities, a receita da TSMC deve cair cerca de 23% nos próximos anos fiscais.

O relatório já impactou o desempenho da TSMC na NASDAQ, mesmo com a receita prevista para o ano fiscal de 2023 ser estável em relação ao ano anterior. A expectativa é que a empresa arrecade cerca de US$ 31,6 bilhões este ano, mas que esse valor encolha para até US$ 25 bilhões em 2024.

Continua após a publicidade

Nova crise

Apesar da projeção negativa, a TSMC está otimista, especialmente comparando o cenário atual com a crise anterior de semicondutores. O quadro anterior afetou praticamente todos os segmentos de componentes eletrônicos desde 2018, sendo agravado pela pandemia da covid-19 e apresentando sinais de recuperação apenas no último ano.

Já no contexto atual, a nova crise está relacionada principalmente à demanda elevada de componentes que dependem de processos de fabricação específicos. Ainda segundo a Goldman Sachs, a capacidade de produção da gigante taiwanesa no ano fiscal de 2024 deve chegar a 70 mil wafers por mês, uma queda considerável.

Continua após a publicidade

Contudo, a TSMC, e outras empresas fabricantes de semicondutores, já estão investindo em ampliar linhas de produção e se adequarem às novas demandas. Por essa razão, mesmo em meio ao encolhimento de receita e redução no volume de produção, a expectativa é que essa nova crise comece a ceder já no final do próximo ano, com início de recuperação para 2025.