Intel tem vendas acima dos esperado, mas lucros caem devido a custos de produção

Intel tem vendas acima dos esperado, mas lucros caem devido a custos de produção

Por Wagner Wakka | Editado por Jones Oliveira | 23 de Abril de 2021 às 15h48
Divulgação/Intel

A Intel conseguiu manter um momento de vendas no primeiro trimestre de 2021, mas deve ter lucro reduzido no próximo trimestre para dar conta da demanda por componentes e alcançar seus principais concorrentes, a AMD e a Nvidia, em termos de tecnologia.

O balanço financeiro apresentado nesta semana pela companhia mostra que, nos primeiros três meses do ano, ela faturou US$ 10,6 bilhões somente com produtos para o consumidor. O montante representa um aumento de 8% em relação ao mesmo período do ano passado e está acima das expectativas traçadas anteriormente pelos executivos.

“O volume de PCs cresceu em 38% no comparativo anual e o de notebooks significou um recorde novo para a Intel”, aponta o documento financeiro da empresa.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Setores da Intel (Foto: Divulgação/Intel)

Contudo, o setor de data centers, um dos principais da companhia, ainda patina para recuperar a queda em demanda. Apesar de a Intel dizer que sente que o braço está novamente tomando fôlego, o resultado do setor foi de US$ 5,6 bilhões, representando queda de 20% no comparativo anual.

Previsão

A Intel ajustou as expectativas de receita para o ano em US$ 72,5 bilhões, abaixo do que havia previsto inicialmente em janeiro. A questão não envolve expectativa de quedas nas vendas, mas aumento do custo operacional.

A gigante precisa trabalhar em dois braços ao mesmo tempo. Primeiro, ela já anunciou investimentos em novas fábricas nos Estados Unidos e Europa para dar conta da alta demanda por processadores, que atualmente passa por um momento de escassez.

Ainda, o chefe financeiro da companhia, Geoger Davis, disse à Reuters que a Intel também está investindo para acelerar a fabricação de componentes com litografia de 7 nanômetros, o que já vem sendo adiado há anos e permitiu certa vantagem da AMD no segmento.

Resultados 

A Intel fechou o primeiro trimestre com receita de US$ 19,7 bilhões, representando queda de 1% em relação a 2020. Os lucros por ação ficaram em US$ 0,82, ou queda de 37% no ano.

Resultados financeiros do segundo trimestre (Foto: Divulgação/Intel)

A previsão é fechar o próximo trimestre com receita de US$ 18,9 bilhões e lucro por ação em US$ 1,05.

O relatório completo está disponível no site da Intel.

Fonte: Intel, Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.