Twitter testa filtro para bloquear automaticamente contas e tuítes ofensivos

Twitter testa filtro para bloquear automaticamente contas e tuítes ofensivos

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 27 de Setembro de 2021 às 15h51
Foto: Alexander Shatov (Unsplash)

A moderação de conteúdo é uma das tarefas mais exaustivas em qualquer plataforma social, em especial no Twitter, tendo em vista a rapidez com que a informação se dissemina por ali. Para tentar evitar maiores transtornos, a rede social do passarinho testa novos controles para impor filtros e limitações em tuítes a fim de bloquear respostas ofensivas de forma automatizada.

Essa novidade pode ajudar a sinalizar contas conhecidas por conteúdo prejudicial a postagens individuais, como ataques sucessivos, violações constantes das diretrizes da comunidade ou disseminação de boatos ou notícias falsas. A designer de produto sênior do Twitter, Paula Barcante, mostrou um pouco do que pode vir por aí:

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Por enquanto, trata-se de um mero conceito visual e alguns aspectos do recurso ainda podem mudar antes do lançamento. Segundo Barcante, a plataforma deve questionar os usuários se eles querem habilitar esses controles para limitar respostas aos tuítes, adição esta que permitiria a identificação automática de posts violadores da boa conduta, mas que também poderiam bloquear algumas contas "inocentes" — por isso, haveria um mecanismo de revisão manual de tuítes e contas.

Quando o filtro estiver ativo, uma conta considerada suspeita não poderá responder a nenhuma das suas publicações. Na verdade, ela até poderá escrever o que bem entender, mas nenhum outro usuário verá o conteúdo além dela própria. Essa é uma ótima solução para inviabilizar a ação de haters sem despertar ainda mais a ira por um bloqueio ou exclusão.

Twitter renovado em 2021

Como se trata de algo em fase conceitual, é possível que o recurso ainda leve alguns meses antes de ser implementado aos usuários. A própria designer não foi capaz de responder à dúvida se o incremento filtraria um único tuíte sinalizado como ofensivo ou também os demais relacionados à conta violadora.

O Super Follows dá acesso exclusivo a posts em texto, fotos e vídeos de um perfil (Imagem: Reprodução/Twitter)

Na semana passada, em evento fechado para a imprensa, o Twitter anunciou dezenas de novidades para a plataforma, como as Comunidades e as Bonificações (com suporte a Bitcoin e outras criptomoedas). Os desenvolvedores também apresentaram um "Modo Seguro", sistema de blindagem de perfil por sete dias para evitar "cancelamentos", e o filtro de palavras, para permitir que o próprio usuário defina quais termos ou emojis ele considera ofensivo.

Também em 2021, houve o desembarque do bate-papo por áudio, chamado Spaces, e ferramentas para monetizar essa novidade. Além de salas exclusivas para o público pagante, o serviço contará com uma guia exclusiva para "descoberta" de conteúdos em alta e um dashboard para controlar os ganhos financeiros mensais.

Fonte: Paula Barcante  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.