Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Threads chega a 70 milhões de usuários em pouco mais de um dia

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 07 de Julho de 2023 às 15h06

Link copiado!

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

O Threads chegou a 70 milhões de usuários na manhã desta sexta (7). A aposta da Meta para concorrer com o Twitter foi lançada na noite da última quarta-feira (5) e já se mostrou um sucesso de downloads na App Store e na Google Play Store.

O crescimento já começou logo cedo: nas primeiras sete horas após o lançamento, o Threads já tinha 10 milhões de usuários. Após um dia de rede social, a contagem já subiu para 50 milhões e, agora, após cerca de 36 horas, supera 70 milhões de usuários — e provavelmente quando você estiver lendo este texto este número já terá sido ultrapassado.

Post by @zuck View on Threads
Continua após a publicidade

Vale a pena ressaltar que o Threads ainda não foi lançado na União Europeia por conta de questões de privacidade e outras regras associadas à Lei de Mercados Digitais (DMA), que regulamenta a presença das Big Techs. Até o momento, a Meta decidiu suspender o lançamento nesses países, sem nenhuma previsão oficial.

Concorrência direta contra o Twitter

Os números do Threads já o consolidam como um rival direto do Twitter. Afinal, a plataforma tem uma interface muito parecida, com base em textos curtos, e usa o login do Instagram para facilitar o acesso.

Logo após o sucesso inicial, a Rede Social do Passarinho ameaçou processar a Meta por plágio na nova plataforma. Para efeito de comparação, o Twitter tinha uma base de 229 milhões de usuários ativos por mês em maio de 2022, de acordo com um comunicado oficial da empresa antes da aquisição por Elon Musk.

Por razões óbvias, o crescimento do Threads é mais expressivo do que o de outras plataformas concorrentes. O Mastodon registra uma base total de 7,6 milhões de usuários cadastrados na plataforma, com média de 1,8 milhões de usuários ativos por dia, segundo dados da própria API.

Fonte: The Verge