Pinterest permitirá compra de produtos direto pela plataforma no Brasil

Pinterest permitirá compra de produtos direto pela plataforma no Brasil

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 15 de Setembro de 2021 às 07h00
(Imagem: Kris Gaiato/Captura de tela)

Após realizar testes iniciais em alguns países selecionados, o Pinterest decidiu expandir seu recurso Shopping para outros sete países, o que inclui Brasil, Áustria, Espanha, Itália, Holanda, México e Suíça. Os usuários poderão fazer compras direto nos Pins, boards e a partir de objetos reais com a câmera do celular. As lojas virtuais vão mostrar recomendações de especialistas e tendências de influenciadores digitais da plataforma, o que pode impulsionar as vendas por lá.

Segundo o Pinterest, a plataforma é perfeita para oferecer inspirações para futuras aquisições, como objetos decorativos para casa, exemplos de organização ou ideias para reformar ambientes. Tudo isso agora poderá ser encontrado na própria plataforma, sem precisar sair para comprar em lojas de terceiros e com a garantia de adquirir exatamente o produto pretendido.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A rede social afirma ter melhorado a experiência de compra tanto para usuários quanto para os anunciantes com um novo pacote de ferramentas. A ideia é oferecer suporte para varejistas de pequeno, médio e grande porte nos países em que o serviço chegará. Como forma de dar mais segurança às transações, o Pinterest lançará também um programa de verificação para comerciantes, além de um guia de loja com dicas para uso e etiquetagem de produtos.

Dados da companhia revelam que os usuários têm sete vezes mais probabilidade de comprar produtos que salvaram. Se o perfil tiver disponível aquele item de imediato, a probabilidade de o negócio ser fechado ali é imensa, por isso a expectativa dos desenvolvedores está elevada.

Como fazer compras no Pinterest

Há três métodos básicos para usar o Shopping do Pinterest e comprar sem sair da plataforma:

Comprar a partir da pesquisa: ao procurar por termos como "ideias de decoração para casa", os usuários terão como resultado uma guia de compras com resultados baseados na busca, com possibilidade de comparar preços, marcas e estilos.

Comprar com o Lens: o Shopping with Lens usa a tecnologia das câmeras de celulares para trazer resultados a partir de uma fotografia. Ao ver um produto de moda e decoração que você goste, basta fotografá-lo com o Pinterest para ter como resultado uma busca de produtos iguais ou semelhantes em estoque.

Comprar com os Pins: muita gente salva os posts, chamados Pins, para fazer suas compras na vida real. Em muitos casos, eles procuraram em inúmeras lojas e não encontram o objeto, o que causa frustração. Este recurso vai permitir um link direto para compra daquele produto exato, inclusive com mais de uma opção de loja, se possível. O recurso também mostrará produtos e categorias compatíveis com os gostos do usuário.

Antes de concluir a transação, a plataforma mostrará o valor do frete, avaliações do vendedor e outros detalhes técnicos para o consumidor decidir se quer efetuar a compra ou não. O algoritmo da rede também deve exibir eventualmente conteúdos que são tendências ou selecionados por especialistas para ajudar as pessoas a descobrir novas marcas — seria algo similar a um catálogo editorial de revista.

Em abril, a plataforma lançou o Pinterest Ads no Brasil, o que marcou a entrada da companhia em um mercado de monetização até então inédito. Desde então, o Pinterest afirma que empresas "de todos os tamanhos têm acesso a diversos de formatos de anúncios e opções de segmentação para alcançar novos públicos", além de ter impulsionado a criação de conteúdos significativos para ajudar a audiência a encontrar ideias e planejarem novos projetos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.