Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Facebook e Instagram veiculam anúncios que prometem nudez com IA

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 08 de Maio de 2024 às 16h00

Link copiado!

Austin Distel/Unsplash
Austin Distel/Unsplash

A Meta destaca que possui uma política contra publicações com nudez e venda de sexo em suas redes sociais, no entanto, é possível se deparar com diversos anúncios explícitos de parceiras e namoradas geradas por IA que prometem “tirar tudo” com um simples toque na tela. Além de gerar preocupações para inúmeros usuários, a situação também incomoda profissionais do sexo, que se sentem injustiçadas nas plataformas. As informações são do site Wired e puderam ser confirmadas pelo Canaltech.

Namoradas de IA no Facebook e Instagram

A reportagem relata que muitas propagandas de aplicativos de namoradas digitais e IA que remove as roupas de mulheres podem ser encontradas tanto no Facebook quanto no Instagram. Esses anúncios prometem imagens realistas de nudez e apresentam estereótipos femininos vistos frequentemente em filmes adultos.

Continua após a publicidade

Os apps utilizam frases do tipo “como uma namorada de verdade, apague as roupas de qualquer lugar”. É possível escolher que tipo de mulher você deseja gerar entre opções distintas, como “madrasta” e “adolescente escolar”.

O Canaltech verificou em algumas das contas da redação e comprovou que o uso de chatbot para criar nudez realmente existe e é oferecido em anúncios nos Stories do Instagram, como você pode ver na imagem abaixo.

Profissionais do sexo se sentem injustiçadas

Devido à política contra venda de sexo nas redes sociais, a empresa de Mark Zuckerberg está enfrentando reclamações por parte de profissionais do sexo. Isso porque elas sentem que a Big Tech oferece dois pesos e duas medidas para a situação. A diretora de uma organização pelos direitos das trabalhadoras do sexo com sede no Reino Unido, Gemma Rose, aponta a injustiça.

“Como profissional do sexo, se eu publicasse algo no Facebook ou no Instagram como ‘farei qualquer coisa por você, farei você chegar lá em um minuto’, o post seria excluído em um instante”, disse Rose para o Wired.

Meta responde

Apesar de não ser incomum tropeçar com esse tipo de material, p porta-voz da Meta, Ryan Daniels, apontou que a companhia proíbe esse tipo de anúncio.

Continua após a publicidade

“Quando identificamos anúncios violadores, trabalhamos rapidamente para removê-los, como estamos fazendo aqui”, afirmou Daniels. “Continuamos a melhorar nossos sistemas, incluindo a forma como detectamos anúncios e comportamentos que vão contra nossas políticas”, concluiu.

Contudo, de acordo com a própria Meta, cerca de 1.500 propagandas de “Namoradas de IA” que se apresentam em posições de cunho sexual surgiram nas plataformas da empresa nos EUA até o dia 30 de abril de 2024.

Enquanto isso, a Meta anunciou que vai remover menos conteúdos gerados por IA e passará a rotulá-los para facilitar a compreensão dos usuários e atender às tecnologias emergentes.

Fonte: Wired