Facebook anuncia a Bulletin,  plataforma dedicada a newsletters profissionais

Facebook anuncia a Bulletin, plataforma dedicada a newsletters profissionais

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 29 de Junho de 2021 às 17h47
Oleg Magni/Pexels

O Facebook apresentou formalmente, nesta terça-feira (29), o Bulletin, sua plataforma composta por boletins informativos. O serviço, que servirá como um lar para newsletters, entrou em seu período de testes com um número seleto de escritores, mas será expandido para mais pessoas “ao longo do tempo”.

Quem acompanha o Canaltech sabe que essa é uma bola cantada desde março, quando o Facebook comentou sobre seus planos de apoio ao jornalismo independente. O lançamento era previsto para junho e de fato aconteceu, colocando o Facebook dentro da disputa nesse segmento para disputar diretamente com iniciativas como o Substack e a Revue (comprada recentemente pelo Twitter).

Plataforma de boletins informativos do Facebook competirá com Revue e Substack(Imagem: Reprodução/Facebook)

Para o lançamento, o Facebook estabeleceu parcerias com autores como o jornalista Malcolm Gladwell, o estilista Tan France e a jornalista esportiva Erin Andrews para garantir conteúdos relacionados a ciência, esporte e outros tópicos importantes. Apesar de ter grandes nomes na primeira fase, o CEO Mark Zuckerberg afirma que a plataforma é focada no “empoderamento de escritores independentes”.

Leitores de plataformas como o Substack estarão bem familiarizados com o modelo do Bulletin: o serviço é um canal de distribuição de boletins informativos pagos ou gratuitos. Para os criadores, porém, não haverá comissão sobre receita nesse primeiro período — enquanto o Substack e o Revue tomam 10% e 5%, respectivamente, sobre as assinaturas.

Investindo pesado nos criadores

Segundo Zuckerberg, o Bulletin é parte da missão do Facebook de aumentar as formas de monetização de criadores. “O objetivo aqui na companhia é eventualmente dar suporte para milhões de pessoas que fazem trabalhos criativos”, comentou o CEO. A plataforma servirá para que jornalistas e comentaristas promovam seus próprios podcasts, que também tem espaço no próprio Facebook.

Os artigos do recurso estarão disponíveis a partir da página de criador dos autores dentro do Feed de Notícias do Facebook e na aba “Notícias”, da rede social. Ainda assim, o Bulletin também tem um site dedicado para reunir os destaques e principais escritores.

Pagamentos são processados pelo Facebook Pay e o custo das assinaturas é definido pelo próprio criador, semelhante ao modelo do Substack. Na primeira fase do programa, o serviço estará disponível somente para autores nos EUA. A plataforma pode ser acessada para todo o mundo e há planos de expansão do espaço no Bulletin para escritores de outros países.

Fonte: The Verge, New York Times, Facebook

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.