Publicidade

Edge 40 Neo x Galaxy S23 FE: qual intermediário vale mais a pena?

Por| Editado por Léo Müller | 18 de Janeiro de 2024 às 17h14

Link copiado!

Rafael Damini/Canaltech
Rafael Damini/Canaltech

O Motorola Edge 40 Neo é um celular apresentado como premium, e de fato possui características de topo de linha. O Galaxy S23 FE segue a mesma linha, e ambos possuem preço mais acessível que os modelos mais robustos de cada marca. Canaltech compara os dois celulares para você ver qual vale mais a pena.

Design e construção

  • Edge 40 Neo: 159,6 x 72 x 7,9 mm, 170 g;
  • Galaxy S23 FE: 158,0 x 76,5 x 8,2 mm, 209 g.
Continua após a publicidade

Visualmente, Edge 40 Neo e Galaxy S23 FE são bem diferentes. O modelo da Motorola tem laterais da tela curvadas, o que reduz bastante sua largura. Além disso, as câmeras traseiras ficam em um módulo retangular na traseira plástica. Já o da Samsung tem bordas da tela um pouco largas, e câmeras traseiras “cravadas” diretamente no vidro traseiro.

O quadro lateral do Edge 40 Neo é de plástico, enquanto o S23 FE usa alumínio. Ambos possuem certificação IP68, com proteção contra poeira e submersão em até 1,5 metro de água por 30 minutos.

Tela

Continua após a publicidade
  • Edge 40 Neo: pOLED de 6,55 polegadas Full HD (1080 x 2400 pixels), 144 Hz;
  • Galaxy S23 FE: Dynamic AMOLED 2X de 6,4 polegadas Full HD (1080 x 2340 pixels), 120 Hz.

Além da curvatura nas laterais da tela do Edge 40 Neo, o smartphone da Motorola e o da Samsung têm outras diferenças de painel. O pOLED do primeiro tem uma camada plástica em vez do substrato de vidro. Isso reduz o consumo de energia, mas também deixa o brilho máximo mais baixo.

Mesmo assim, o Edge 40 Neo consegue alcançar pico de 1.300 nits, contra 1.450 nits do Galaxy S23 FE. Ou seja, não é muito mais baixo, e ambos são excelentes para visualização em ambientes externos, mesmo em dias ensolarados.

Continua após a publicidade

Para além disso, ambos possuem tela com bons níveis de contraste e cores vivas. A taxa de atualização máxima é de 120 Hz no S23 FE e de 144 Hz no Edge 40 Neo, uma diferença que poucos notarão.

Configuração e desempenho

  • Edge 40 Neo: MediaTek Dimensity 7030 Octa-core (até 2,5 GHz), Mali-G610 MC3;
  • Galaxy S23 FE: Samsung Exynos 2200 Octa-core (até 2,8 GHz), Xclipse 920.

O Motorola Edge 40 Neo tem um processador da MediaTek, enquanto o da Samsung traz um da própria marca. Em termos de desempenho, ambos são mais que suficientes para tarefas do dia a dia, e aguentam bem até mesmo alguns processos mais pesados.

Continua após a publicidade

No geral, o Dimensity 7030 e o Exynos 2200 são bastante equiparáveis entre si. A Motorola consegue fazer um trabalho muito bom para tirar o máximo dos processadores em seus aparelhos. O Galaxy S23 FE também consegue rodar tudo muito bem, ainda mais por ter um chip topo de linha — mesmo que seja do ano anterior.

Em memória, ambos têm 8 GB de RAM, e o Edge 40 Neo só é encontrado com 256 GB de armazenamento. O Galaxy S23 FE tem opções de 128 GB e 256 GB, e é bom você ter atenção a isso na hora de procurar o melhor preço do aparelho.

Recursos e conectividade

Continua após a publicidade

Esquece aquele "Android Puro" da Motorola. Atualmente, a empresa inclui uma boa quantidade de recursos extras, boa parte deles bastante úteis. Não que os recursos extras da One UI não sejam úteis, também. São duas opções de interface do sistema do Google que agradam a diferentes públicos.

Ambos possuem NFC, ou seja, podem ser utilizados em pagamento por aproximação. A vantagem do Edge 40 Neo está em outros tipos de conectividade: Wi-Fi de banda tripla, contra banda dupla no S23 FE; e Bluetooth 5.4, contra o 5.3 no celular da Samsung.

Ambos ainda possuem funcionalidade para se conectar a telas maiores e serem usados como computadores de bolso. O modelo da Motorola, no entanto, só faz isso com telas que permitem a conexão sem fio. O Galaxy S23 FE pode ser ligado a telas com cabos ou sem fio.

Continua após a publicidade

Em termos de atualizações, a Motorola promete apenas duas versões do Android, ou seja, o aparelho vai parar no Android 15. O Galaxy S23 FE receberá cinco atualizações majoritárias, segundo a Samsung. Isso o levaria até o Android 18.

Câmeras

  • Edge 40 Neo: 50 MP (f/1.8, principal) + 13 MP (f/2.2, ultrawide); 32 MP (f/2.4, frontal);
  • Galaxy S23 FE: 50 MP (f/1.8, principal) + 12 MP (f/2.2, ultrawide) + 8 MP (f/2.4, telefoto); 10 MP (f/2.4, frontal).

O conjunto fotográfico é, talvez, a maior vantagem do Galaxy S23 FE sobre o Edge 40 Neo. Não leve a mal, o celular da Motorola tira boas fotos, mas a Samsung está em um nível ainda bastante acima da maioria de suas concorrentes neste quesito. E o S23 FE fica pouco abaixo de sua linha principal em câmeras.

Continua após a publicidade

Além de ter melhores texturas, cores mais precisas e faixa dinâmica superior no aparelho da sul-coreana, você tem uma câmera teleobjetiva de 3x. O Edge 40 Neo tem função macro na lente ultrawide, que é um bônus interessante para quem gosta de tirar fotos de objetos muito aproximados. Mas é só.

A qualidade da gravação de vídeos também é superior no aparelho da Samsung. E não apenas por filmar em 8K a 24 fps, mas no geral, com imagem mais precisa e estabilização óptica superior.

Edge 40 Neo: exemplos de fotos

Continua após a publicidade

Galaxy S23 FE: exemplos de fotos

Bateria

  • Edge 40 Neo: 5.000 mAh, recarga com fio até 68 W;
  • Galaxy S23 FE: 4.500 mAh, recarga com fio até 25 W, recarga sem fio.
Continua após a publicidade

Se o Galaxy S23 FE ganha em câmeras, o Edge 40 Neo dá o troco em duração da bateria. No teste do Canaltech, o celular da Motorola consumiu 27% de carga em seis horas de uso médio a intenso. Já o da Samsung precisou de 33% nos mesmos aplicativos, com tempo igual.

Isso significa que o Edge 40 Neo consegue entregar um pouco mais de um dia de uso normal. O S23 FE, por outro lado, fica em um dia, com uma sobra pequena. Claro que isso varia bastante, pois depende de muitos fatores. Mas a possibilidade de o modelo da Samsung ter duração maior é difícil.

Na recarga, novamente vantagem para o celular da Motorola, que tem carregador de 68 W — que vem na caixa — e faz o 0% até 100% em menos de uma hora. O Galaxy S23 FE precisa de pouco mais de uma hora para o mesmo processo, e usa carregador de 25 W.

Continua após a publicidade

Motorola Edge 40 Neo ou Samsung Galaxy S23 FE: qual vale a pena?

É difícil apontar qual dos dois intermediários premium vale mais a pena. Isso vai depender muito mais da sua necessidade do que de qual deles é melhor. São dois celular excelentes, com vantagens de um para o outro em alguns quesitos.

A tela do Samsung Galaxy S23 FE é melhor que a do Edge 40 Neo, mas as laterais curvadas do modelo da Motorola pode agradar algumas pessoas. O desempenho do celular da Samsung também é um pouco superior, mas pouca coisa. E para quem gosta de tirar as melhores fotos, novamente o S23 FE parece ser a melhor opção.

O Motorola Edge 40 Neo, no entanto, não fica muito atrás em nenhum desses pontos. E tem duração de bateria superior, além de recarga muito mais veloz. Para quem preza mais por bateria, eu recomendo o smartphone da Motorola.

E temos a questão do preço. Com mais tempo de mercado, o Edge 40 Neo já baixou bem, e chegou à casa dos R$ 2.000. Inclusive, já chegou até a custar cerca de R$ 1.700, e isso com 256 GB de armazenamento. O Galaxy S23 FE ainda está mais para a faixa de R$ 2.600 com 128 GB. Deve baixar um pouco ao longo de 2024.