Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Review Redragon Icon | Headset com som alto, mas desconfortável

Por| Editado por Jones Oliveira | 18 de Junho de 2024 às 10h10

Link copiado!

Review Redragon Icon | Headset com som alto, mas desconfortável
Review Redragon Icon | Headset com som alto, mas desconfortável
Redragon Icon

Na onda de oferecer produtos custo-benefício, a Redragon aparece como uma das marcas mais proeminentes do mercado brasileiro. Contudo, nem todo produto da companhia parece valer tanto a pena, como o morno Redragon Icon.

O Redragon Icon é um headset gamer cabeado que se destaca pelo som alto e uma case de carregamento para transporte. No entanto, tem pontos vitais em que não consegue se sobressair. Veja como o Redragon Icon se saiu nos testes que fiz para o Canaltech.

Continua após a publicidade

Design

Mesmo que esteja posicionado no segmento de entrada, o Redragon Icon é um headset bem bonito e que tem cara de produto premium. Utilizando principalmente da cor preta com partes em vermelho e detalhes prateados, é um periférico muito bem-acabado para sua categoria.

As conchas têm um visual texturizado com o logotipo centralizado, imitando um material metalizado. Há muitas semelhanças com alguns produtos da HyperX, como o estilo do arco e o frame que o conecta com as earcups.

O visual é suficiente para fisgar o consumidor e chega a ser até mais atraente que o carro-chefe Redragon Zeus Pro. Contudo, o Redragon Icon não é dos headsets over-ear mais confortáveis, uma vez que a pressão do clamping incomoda com pouco tempo de uso.

Construção

O Redragon Icon aposta em uma construção fundamentalmente feita de plástico. O material convence bem e consegue apresentar bastante consistência, principalmente no garfo metálico que liga o arco com o restante da carcaça.

Continua após a publicidade

Já a parte das conchas tem material sintético nas almofadas, além de uma espuma no arco que mantém esse material. Em geral, a Redragon acertou bem na escolha de materiais e na resistência do produto, que não tem sinais de fragilidade evidentes. Todavia, isso não o salva de ter me proporcionado uma experiência bem desconfortável.

Portabilidade

Pesando cerca de 450g e com altura mínima de 19 centímetros, o Redragon Icon não é um primor em portabilidade. Apesar disso, o fone é relativamente maleável, embora as earcups não girem; para contornar isso, a fabricante envia uma case de viagem.

Continua após a publicidade

Bem bonita e texturizada, a case consegue acomodar o headset sem dificuldades, além de ter um espaço próprio para abrigar cabos e outros acessórios. Dessa forma, quem planeja colocar esse headset gamer na mochila terá um pouco mais de conforto e segurança na hora do transporte.

Recursos

Diferente de outros headsets gamer em sua faixa de preço, o Redragon Icon abdica de quaisquer tipos de botões em sua carcaça. Em vez disso, coloca todos esses comandos em uma placa de som USB que habilita um som equalizado e a tecnologia de 7.1 canais. Nesse pequeno dongle, o usuário pode aumentar/diminuir ou mutar o volume do alto-falante e microfone, além de habilitar o som espacial 7.1.

Continua após a publicidade

Isso causa um certo problema para aqueles que gostam de usar o headset em outros dispositivos, como celular, tablet ou até mesmo um PC que esteja com todas as portas USB ocupadas. Assim, o usuário precisa realizar as alterações de volume/microfone no sistema do aparelho conectado, já que o fone não tem nenhum botão.

O microfone é destacável e acompanha um pequeno pop-filter em sua ponta. A qualidade serve para reuniões e jogar com os amigos, mas não espere nada de surpreendente nesse quesito, já que a qualidade é apenas comum.

Conectividade

Continua após a publicidade

A conexão primária do Redragon Icon é feita por um cabo P3 fixo de 1,5 metros, mas que pode ser expandido com a placa de som USB com cabo de 1,1 metros. Para quem utiliza sistemas mais antigos, a Redragon envia um adaptador P3 para P2 duplo (fone e microfone).

Qualidade sonora

O Redragon Icon é um headset gamer com uma qualidade sonora mediana. Seus drivers de 50mm não entregam um som de outro mundo, mas também não é algo horripilante. O fone se beneficia dos graves, mas carece da faixa dos médio-agudos, deixando sons de guitarras de lado, por exemplo.

Isso é parcialmente contornado ao ativar o palco surround de 7.1 canais, que gera um aumento potente na sonoridade e deixa essas falhas menos evidentes, embora perca qualidade geral. Contudo, se tem uma coisa que o Redragon Icon tem de bom é o volume bem alto — durante meus testes, utilizei ele quase sempre na faixa dos 40%.

Continua após a publicidade

Em games também não consigo apontar muitos destaques e, novamente, reitero a experiência bem morna desse aparelho.

Software

Continua após a publicidade

Assim como em outros produtos da Redragon que passaram pelas minhas mãos, o Icon sofre com problemas de softwares. Quando disponíveis, são ruins, e quando indisponíveis, acabam inviabilizando uma boa experiência. 

No caso do Redragon Icon é um mistério, visto que o site oficial do produto lista o executável como disponível para download, mas a página simplesmente não funciona. Frustrante e decepcionante.

Especificações técnicas do Redragon Icon

  • Driver: 50mm
  • Frequência: 20Hz ~ 20KHz
  • Impedância: 64Ω±15%
  • Sensibilidade: −95 ± 3dB
  • Construção: garfo e arco da cabeça em metal, conchas em plástico e acabamento em couro sintético
  • Almofadas: Couro sintético com espuma de memória
  • Microfone: Condensador
  • Conexão: cabo P3 fixo; placa de som externa USB Tipo-A; adaptador P3/P2
  • Surround: 7.1
Continua após a publicidade

Concorrentes diretos

O Redragon Icon custa entre R$ 330 e R$ 370 durante minhas pesquisas para esta análise. Por esse valor também é possível encontrar o Redragon Zeus Pro, que conta com ótima qualidade sonora e conexão sem fio; ou o Zeus X cabeado, que custa perto dos R$ 250. Outra opção é o HyperX Cloud Stinger 2, que já foi analisado e elogiado pelo Canaltech.

Continua após a publicidade

Vale a pena comprar o Redragon Icon?

O Redragon Icon vale a pena se você quer um headset gamer com som alto e que venha com vários acessórios, incluindo uma case de transporte, adaptador e placa de som. Em contrapartida, o Redragon Icon não vale a pena se você quer um headset com qualidade sonora superior, mais conforto e botões na carcaça, já que ele não tem nada disso.

Em resumo, indicar o Redragon Icon é uma tarefa complicada. Seu preço não condiz com as especificações, e parece muito mais lógico escolher o Redragon Zeus e suas variantes caso você almeje um produto da marca.

Continua após a publicidade