Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Review Motorola Edge 50 Ultra | Celular topo de linha em tudo

Por| Editado por Léo Müller | 06 de Junho de 2024 às 18h00

Link copiado!

Review Motorola Edge 50 Ultra | Celular topo de linha em tudo
Review Motorola Edge 50 Ultra | Celular topo de linha em tudo
Edge 50 Ultra

O Edge 50 Ultra representa o retorno da Motorola ao segmento de tops de linha não dobráveis no mercado brasileiro. Com melhorias no desempenho, novos recursos de IA, design nostálgico, e até mesmo zoom digital de 100x, o smartphone chega para disputar uma fatia de mercado desejada por muitas fabricantes. Após alguns dias testando o celular, trago nesta análise a minha opinião sobre erros e acertos deste produto.

Continua após a publicidade

Design e tela

  • Dimensões: 161,1 x 72,4 x 8,6 mm;
  • Peso: 197 gramas;
  • Tela: pOLED de 6,7 polegadas;
  • Resolução: Super HD (1220x2712 pixels), 144 Hz;
  • Brilho: 2.500 nits.

O design do Motorola Edge 50 Ultra melhorou consideravelmente, comparado ao Edge 40 Pro, que não chegou ao Brasil. Sua traseira está mais bonita, e a distribuição das lentes em seu módulo é uniforme, dentro do possível. O acabamento no verso depende da cor escolhida, pois há uma variação considerável nos materiais que afetam a “pegada” do produto.

O acabamento das opções das cores preto e pêssego são de polímero de silicone, com uma textura que imita o couro e dá a sensação tátil mais confortável para o uso sem medo de escorregar. Já a versão mais bonita ‒ na minha opinião ‒, é a de madeira. Além de ter um aspecto diferenciado, garante uma sensação de nostalgia, pois lembra o finado e tão amado Moto X.

A tela do Edge 50 Ultra é ótima, e, por se tratar de um modelo da linha “Edge”, a curva nas laterais do visor proporcionam um aproveitamento frontal ainda melhor. No geral, o display é excelente, seja para leitura ou jogar, além de entregar cores vívidas e o brilho intenso. 

Configurações e desempenho

Continua após a publicidade
  • Sistema operacional: Android 14 sob Hello UI;
  • Plataforma: Snapdragon 8s Gen 3 (12 nm);
  • Processador: Octa-core (1x3.0 GHz Cortex-X4 & 4x2.8 GHz Cortex-A720 & 3x2.0 GHz Cortex-A520);
  • GPU: Adreno 735;
  • RAM e armazenamento: 12/512 GB, 16/512 GB, 16/1 TB.

Por se tratar de um celular topo de linha, a Motorola não economizou na hora de implementar especificações robustas. Este conjunto permite rodar qualquer app de rede social e jogos sem dificuldade, rondando títulos pesados, como Genshin Impact, com os gráficos no máximo, sem apresentar queda de frames.

No quesito benchmark, nossos testes mostraram que o aparelho alcançou 1.483.966 pontos no AnTuTu, ficando abaixo dos topos de linha Galaxy S24 Ultra (1.816.506 pontos) e iPhone 15 Pro Max (1.529.895 pontos). Ele se enquadra na média da categoria, mas não conseguiu superar o seu principal rival.

Continua após a publicidade

Interface e sistema

Mesmo com as implementações de Inteligência Artificial, como o Style Sinc ‒ que personaliza o plano de fundo conforme a roupa fotografada —, a IA do Edge 50 Ultra é limitada. Comparado ao Galaxy S24 Ultra, faz falta um tradutor de ligações e uma ferramenta para transcrever áudios. 

A respeito do sistema, o celular possui uma política de atualizações muito diferente da Samsung e Apple para os seus flagships. A Motorola confirmou que serão 3 anos de updates do software, alcançando o Android 17, e quatro anos de renovação do pacote de segurança padrão do Google.

Continua após a publicidade

Recursos e conectividade

  • Tecnologia de conexão: 5G
  • Bluetooth: 5.4;
  • NFC: Sim.

O Edge 50 Ultra tem apenas uma conexão física, que é a porta USB-C para carregamento  e OTG, permitindo o uso de outros dispositivos no celular, como teclado, mouse SSD e mais. 

Continua após a publicidade

Sua gaveta de chip tem apenas uma entrada para Nano SIM, obrigando o usuário a contratar um e-SIM, caso queira ter acesso a duas operadoras. O celular tem dois alto-falantes Dolby Atmos de ótima qualidade, que entregam médios aprimorados, grave equilibrado e agudo lapidado. 

Câmeras

Quando o assunto é fotografia, a Motorola sempre sofreu duras críticas dos analistas aqui do Canaltech, e todas com fundamento. Porém, desde que analisei o Razr 40 Ultra, percebi que a empresa está voltando a competir de fato com fabricantes mais competentes no quesito câmeras, e o Edge 50 Ultra é prova disso. 

Continua após a publicidade

O aparelho está equipado com três sensores, sendo o principal de 50, que entrega muita competência nas capturas. Para usuários point and shoot ‒ apontar e fotografar ‒, o pós-processamento está mais eficaz, mesmo em situações mais desafiadoras, como em dias nublados. 

Essa competência tem relação direta com a Inteligência Artificial implementada no software do smartphone. O trabalho da IA com as câmeras permite a identificação de elementos e o ajuste das cores ou iluminação. Além disso, o modo “Action Shot” é uma adição bem-vinda, principalmente para quem fotografa crianças pulando, pois remove o blur do movimento automaticamente.

A câmera zoom de 64 MP também é muito competente porque consegue manter quase o mesmo nível de qualidade da principal, mas entregando uma aproximação maior dos objetos, graças ao zoom óptico de 3x e o digital de 100x. No terceiro sensor, temos o funcionamento híbrido, pois a câmera de 50 MP é ultrawide e macro, sendo muito competente para a segunda função, com alto nível de detalhes e nitidez.

Continua após a publicidade

Na câmara frontal, o sensor de 50 MP garante nitidez, mas ainda sinto que ele é mais competente em ambientes externos do que internos. Na minha experiência, senti que as fotos deixaram o meu rosto um pouco mais amarelado, algo que demonstra as falhas no balanço de branco. 

Ainda sobre a parte fotográfica, é importante destacar que o celular da Motorola tem acesso aos recursos de edição diretamente no Google Fotos. Assim, é possível alterar o céu, mover elementos ou retirar pessoas das fotos. Com isso, as imagens instagramáveis não são estragadas pela presença de indivíduos indesejáveis. 

Para vídeos, a câmera traseira filma em resolução 4K a 60 fps, e a frontal em 4K a 30 fps. Ambas entregam bom nível de cores e estabilidade, mas ainda sinto falta de um modo profissional, assim como a Samsung entrega. 

Continua após a publicidade

Bateria e carregamento

Continua após a publicidade

A bateria do Edge 50 Ultra tem 4.500 mAh de capacidade, sendo equivalente ao Edge 50 Pro, mas ficando abaixo de alguns grandes concorrentes. Todavia, durante o nosso teste de consumo, o aparelho se mostrou equilibrado, gastando 27% de sua capacidade total em 6 horas de uso intenso.

Este número é um passo positivo para um celular topo de linha, já que garante o uso por até 22 horas continuamente. Porém, quando o comparamos com o S24 Ultra. A respeito da recarga, o carregador de 125 W promete que a bateria será restaurada em apenas 18 minutos. Na prática, ele se mantém nesta estimativa, sendo um acessório bem-vindo na caixa do celular, e garantindo a restauração da capacidade, de 0 a 100%, em 20 minutos. 

Concorrentes diretos

Continua após a publicidade

Quando o assunto é celular topo de linha com IA, o Galaxy S24 Ultra é o principal concorrente deste flagship da Motorola. O aparelho da Samsung entrega desempenho semelhante, resultados um pouco melhores para fotografias, principalmente no uso da câmera de zoom 5x, mas o produto sul-coreano traz mais funcionalidades no Galaxy AI, indo além da edição de fotos. 

Todavia, o preço dos smartphones tem uma distância considerável de valor. Com isso, o Edge 50 Ultra, anunciado por R$ 5.999, já se mostra mais interessante do que o S24 Ultra, que tem alguns meses de mercado e ainda é visto acima de R$ 7.500 no varejo.

O Edge 50 Ultra vale a pena?

O Motorola Edge 50 Ultra vale a pena. Este aparelho pode representar a volta da empresa aos bons tempos, fazendo do celular ser um flagship a ser visto com maior interesse pelo público, algo que pode ajudar a mexer mais com o mercado mobile brasileiro. O aparelho tem um ótimo conjunto de câmeras, tela excelente, bateria equilibrada e desempenho de topo de linha. 

A respeito do preço, ele foi anunciado por R$ 5.999, sendo muito mais barato do que o seu principal concorrente, o S24 Ultra, que chegou ao Brasil por R$ 9.999. Logo, mesmo para quem comprar o Edge 50 Ultra nos primeiros meses de mercado, estará pagando um ótimo valor, considerando tudo que ele entrega.