Publicidade

Review Blackview Active 8 Pro | Bateria monstruosa e mais

Por| Editado por Léo Müller | 10 de Julho de 2023 às 16h27

Link copiado!

Review Blackview Active 8 Pro | Bateria monstruosa e mais
Review Blackview Active 8 Pro | Bateria monstruosa e mais
Active 8 Pro

Tablet resistente, com bom desempenho e bateria gigantesca existe. É o Blackview Active 8 Pro, um modelo com certificações contra água e poeira e também contra impactos e temperaturas extremas. Ele tem impressionantes 22.000 mAh de carga de bateria e roda todas as tarefas mais importantes.

Eu tive a oportunidade de testar o tablet da Blackview e gostei. Além do design robusto e da bateria gigante, que oferece um tempo de uso impressionante, ele vem com uma alça de segurança. E uma caneta stylus para algumas tarefas como escrever ou desenhar na tela.

Confira a análise do Blackview Active 8 Pro, um tablet pensado para uso em armazéns e fábricas. Mas também pode ser útil em uso doméstico, desde que seus recursos façam sentido para você.

Continua após a publicidade

🛒 Veja o preço do Blackview Active 8 Pro no AliExpress

Design, construção e tela

  • Dimensões: 256,3 x 165,8 x 16,8 mm
  • Peso: 976 gramas
  • Tela: IPS LCD 10,4 polegadas;
  • Resolução: Full HD (1200 x 2000 pixels), aprox. 225 ppi de densidade.
Continua após a publicidade

Por ser um tablet robusto, o Blackview Active 8 Pro tem alguns poréns em relação a seu design. Mas é tudo um pequeno preço a se pagar pela bateria gigantesca e grande resistência a quedas, além da proteção contra água e altas temperaturas. Ele possui certificações IP69K e MIL-STD-810.

Ou seja, além da máxima proteção contra a entrada de partículas sólidas, ele também aguenta água em alta pressão. E suporta altas temperaturas, podendo ser usado em locais muito quentes, como metalúrgicas. A certificação militar garante alta resistência, também, contra impactos.

Tudo isso, além de fazer com que o tablet seja um pouco grande e pesado, também torna o acesso às conexões um pouco complicado. Tanto a gaveta de chips quanto a entrada USB-C e a de fone de ouvido são protegidas por tampas. E elas são um pouco difíceis de abrir, ao menos no começo.

Continua após a publicidade

É importante ter esta camada extra de proteção, mas eu acho um pouco chato ter que abrir a tampa para conectar o cabo. Seja como for, é só um detalhe, e não acho que isso torne o tablet Active 8 Pro um produto ruim, pelo contrário.

Falando em detalhes, um importante e que eu achei bem legal é a alça para segurar o dispositivo. Você pode ou não colocá-la na parte de trás, e a caixa já inclui uma chavinha para parafusar. Isso garante uma camada a mais de proteção contra quedas, já que o tablet fica bem firme em sua mão.

Tela e som

Com um display IPS LCD de 10,4 polegadas e resolução Full HD, o tablet oferece visualização confortável. O brilho máximo não é tão ruim para usar em ambientes externos, apesar da tecnologia do painel não ser a melhor para este tipo de uso. Não há muito o que falar da tela: é boa, e ponto.

Continua após a publicidade

O sistema de som é estéreo e também dá conta do recado. São dois pontos que não há muitos elogios para se fazer, mas não há críticas. A parte multimídia é bem aceitável. Considerando a faixa de preço, muita gente vai achar excelente tanto a exibição de imagens quanto a reprodução de som.

Configuração, desempenho e usabilidade

Continua após a publicidade
  • Sistema operacional: Android 13;
  • Plataforma: MediaTek Helio G99 (6 nm);
  • Processador: Octa-core (2x 2,2 GHz Cortex-A76 + 6x 2,0 GHz Cortex-A55);
  • GPU: Mali-G57 MC2;
  • RAM e armazenamento: 8/256 GB.

A ideia do Blackview Active 8 Pro não é oferecer um hardware parrudo para jogos. Mas nem por isso ele deixa de entregar um bom conjunto. Basicamente, você pode jogar com boa qualidade e fluidez no dispositivo, mas provavelmente não vai porque é desconfortável de segurar.

No geral, o tablet Active 8 Pro roda bem as principais tarefas do dia a dia. Dá para usar as redes sociais com boa fluidez. Mas ele foi projetado para empresas, especialmente armazéns e locais com altas probabilidades de acidentes. E aí vai depender muito mais de como o app se comporta do que do tablet, pois ele aguenta bem.

Uma vantagem interessante é a sua capacidade de armazenamento, que chega a 256 GB. Dá para guardar muita foto e vídeo, o que pode ser útil, a depender das tarefas para as quais ele será necessário.

Continua após a publicidade

Pontuação no AnTuTu

O Blackview Active 8 Pro somou cerca de 420 mil pontos no AnTuTu. Uma pontuação mais baixa do que a de celulares intermediários premium, mas superior à de celulares intermediários mais em conta. Ou seja, ele tem uma boa potência, especialmente para um tablet pensado para tarefas mais simples.

Foi melhor do que o Doogee T10, que ficou na casa dos 230 mil pontos. E ambos estão em uma faixa de preço semelhante. Ou seja, o Blackview tem um custo-benefício melhor, pelo menos no quesito desempenho.

Continua após a publicidade

Usabilidade

O tablet da Blackview já roda com o Android 13, com a interface Doke OS 3. A aparência lembra muito a One UI, ao menos nos menus. Os ícones de apps nativos são bem diferentes da interface da Samsung, e não "conversam" tanto com as telas de configurações, visualmente falando.

Você pode ativar um modo PC ao conectar um teclado ao Blackview Active 8 Pro. Com ele, é possível usar múltiplas janelas e a adaptação ao uso de mouse e teclado é melhor. Mas nem todo aplicativo possui suporte ao recurso.

Continua após a publicidade

E a caneta que já vem na caixa permite navegar sem sujar a tela com as mãos. Além de ter uma precisão razoável para escrever ou desenhar.

Câmeras

  • Principal: 48 MP;
  • Frontal: 16 MP;
  • Vídeos: até 2K.
Continua após a publicidade

A Blackview foi generosa com as resoluções das câmeras do tablet Active 8 Pro. Mas isso não quer dizer que ele faça boas fotos ou vídeos. A qualidade é aceitável, claro, mas faltam texturas nas imagens. E está de muito bom tamanho para escanear documentos ou fazer registros ocasionais.

O alcance dinâmico é o principal ponto fraco da câmera do tablet. Mas, em condições de luz mais controladas, é possível fazer ótimas imagens. Enfim, como eu falei, para digitalizar documentos, está de muito bom tamanho. Ele fica bem legível, e não precisa de tanto esforço para garantir o melhor clique.

A câmera frontal, por outro lado, deixa bastante a desejar. Principalmente por conta da faixa dinâmica: parece que o ambiente está nublado, pois o aparelho não sabe lidar muito bem com uma grande quantidade de luz. Mas, para fazer algumas chamadas em vídeo, o resultado fica aceitável.

Bateria e carregamento

Continua após a publicidade
  • Capacidade de carga: 22.000 mAh;
  • Recarga: até 33 W com fio.

A bateria gigantesca de 22.000 mAh é um dos maiores diferenciais deste tablet, que já tem alguns bons pontos interessantes. Ele é grande e pesado justamente para abrigar esta capacidade enorme de carga. E vale a pena, porque sua duração é incrível.

No teste de uso real, foi consumido apenas 8% da carga total de bateria do tablet. Isso significa uma autonomia estimada de impressionantes 75 horas. E isso se o uso do teste for mantido, e ninguém fica 60% do dia inteiro no celular — até porque a gente dorme cerca de 8 horas por dia, idealmente.

Mas vamos pensar nestas 75 horas, que dá mais de três dias inteiros. Em uso constante, é bom lembrar. Então dá para pensar que o Blackview Active 8 Pro aguenta uma semana inteira longe da tomada. É bastante coisa, mesmo.

O problema é a recarga. Afinal, são 22.000 mAh para preencher, e mesmo com um carregador de 33 W, o tempo é longo. Eu não fiz uma recarga completa porque seria muito tempo sem poder fazer outros testes. Dentro do que eu testei, o carregador que vem na caixa levou a bateria de 76% para 94% em uma hora.

Mas demorou mais uma hora para preencher os 6% finais. Ainda assim, você consegue bateria para mais de um dia com apenas uma hora na tomada. E está de muito bom tamanho.

Concorrentes Diretos

É difícil falar em concorrentes diretos para o Blackview Active 8 Pro. Primeiro, porque ele pertence a uma categoria bem específica: de tablets robustos. Segundo, porque tem uma bateria monstruosa de 22.000 mAh. Mas o Canaltech testou alguns modelos na faixa de preço, e dá para citar.

Primeiro, tem o Doogee T10, mencionado nesta análise para falar do desempenho. Este modelo custa atualmente cerca de R$ 1.500, e não tem nenhuma vantagem real para o Active 8 Pro. Mas pode ser uma opção quase tão boa quanto para economizar um pouco.

Outra opção seria o Redmi Pad, que custa perto de R$ 1.000, ou seja, é mais em conta. Tem o mesmo MediaTek Helio G99 do Blackview, mas fica devendo a bateria gigantesca e robustez. É uma opção também bastante interessante, se você quiser um excelente custo-benefício.

Blackview Active 8 Pro: vale a pena?

Robusto, bateria gigantesca, bom desempenho. O Blackview Active 8 Pro tem muitos benefícios, e poucos pontos fracos. Neste segundo grupo, o tamanho e o peso são o principal empecilho de uso. Mas é um preço a se pagar pela bateria gigantesca e o design reforçado.

Considerando que tela e câmera são satisfatórias, o tablet é uma opção excelente para quem precisa de algo durável. Claro que este modelo foi projetado mais para uso em locais com alta possibilidade de acidentes, como armazéns e fábricas. Mas você também pode usá-lo em casa,se quiser.

No preço de lançamento, vale muito a pena. Os primeiros a comprar o tablet vão pagar cerca de R$ 1.300, mas o preço normal é de R$ 2.050. Mesmo no valor cheio, é um bom investimento, principalmente para quem precisa de um bom modelo resistente e com bateria quase interminável.

🛒 Veja o preço do Blackview Active 8 Pro no AliExpress