Produto misterioso da Lenovo aparece em benchmark com Snapdragon 8cx Gen 3

Produto misterioso da Lenovo aparece em benchmark com Snapdragon 8cx Gen 3

Por Vinícius Moschen | Editado por Wallace Moté | 23 de Novembro de 2021 às 13h40
Divulgação/Lenovo

Um dispositivo com o nome Lenovo QRD foi identificado na plataforma Geekbench 5 nessta terça-feira (23). Ele aparece com um novo processador Snapdragon 8cx Gen 3, que segue um padrão de nomenclatura semelhante (mas não igual) ao que é esperado para as próximas gerações de componentes da Qualcomm — a companhia anunciou que realizará mudanças não apenas na nomenclatura, mas até nas cores dos chips.

Primeira geração do Snapdragon 8cx foi apresentada em 2018 (Imagem: Divulgação/Qualcomm)

A série Snapdragon 8cx — voltada para produtos com Windows-on-ARM — já apresenta esse modelo de terminologia desde a sua primeira versão, que foi apresentada em 2018 e era baseada no Snapdragon 855. Em 2020, a companhia apresentou o Snapdragon 8cx Gen 2, com um espaço entre a palavra "Gen" e o número, diferente do que é esperado para o novo padrão de nomes da marca. A plataforma apresentada no ano passado teve apenas algumas melhorias pontuais.

As características do Snapdragon 8cx Gen 3 do Lenovo QRD ainda não são conhecidas. Não se sabe sequer qual tipo de dispositivo é o QRD, já que ele pode ser um tablet ou um notebook, em ambos os casos rodando o Windows 11. É possivel que se trate de uma atualização do Lenovo IdeaPad 5G, um laptop com Windows 10 que foi apresentado em janeiro com o 8cx Gen 1 equipado, oferecendo suporte para conectividade 5G e dispensando a necessidade de ventoinhas para refrigeração.

Novo produto poderá ser uma atualização do IdeaPad 5G (Imagem: Divulgação/Lenovo)

Na comparação entre os testes de benchmark, o Lenovo QRD com Snapdragon 8cx Gen 3 apresenta pontuações que chegam próximas ao dobro em multi-core do registrado no Galaxy S22+, que virá com o novo Snapdragon 8 Gen1 — são 1.010 pontos em single-core e 5.335 pontos em multi-core, contra 1.163 pontos e 2.728 pontos, respectivamente, para o futuro smartphone da Samsung. Porém, testes de benchmark que são feitos em plataformas cruzadas (Android e Windows no caso do QRD) costumam ter níveis menores de confiabilidade.

Mesmo assim, o resultado similar em single-core indica que o novo dispositivo usa os mesmos núcleos Cortex-X2, mas com um maior número de cores voltados para alto desempenho — em detrimento do número de cores de eficiência energética, já que a nova plataforma é também listada como octa-core.

Fonte: GSMArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.