Notebooks gamers ficarão ainda mais caros, alerta executivo da Razer

Notebooks gamers ficarão ainda mais caros, alerta executivo da Razer

Por Vinícius Moschen | Editado por Wallace Moté | 02 de Dezembro de 2021 às 10h25
Razer

O mercado de notebooks voltados para jogos não é acessível, principalmente em relação aos produtos vendidos no Brasil. De acordo com o CEO da Razer Min-Liang Tan, os computadores portáteis ficarão ainda mais caros a partir do ano que vem — o anúncio foi feito por meio de sua conta oficial no Twitter:

Tan afirmou que "existem aumentos significativos no preço dos componentes, e veremos acréscimos significativos nos laptops de próxima geração, em todas as linhas". O principal motivo para esta situação é a escassez global de semicondutores, panorama que dificulta a disponibilidade de diversas peças, e consequentemente faz com que elas fiquem mais caras.

Notebooks gamers ficarão ainda mais caros a partir do ano que vem (Imagem: Divulgação/Razer)

Porém, outros fatores podem aumentar o preço sugerido de modelos específicos, como os que terão implementados os novos chips da linha Intel Alder Lake de 12ª geração. Construir um notebook em volta de uma nova arquitetura pode ser um processo mais turbulento do que o esperado, ainda mais com a implementação das novas memórias RAM DDR5, que também possuem disponibilidade limitada pela crise de componentes.

Produtos gamers com disponibilidade limitada

Outros produtos voltados para jogos apresentam dificuldades de comercialização (Imagem: Divulgação/Sony)

Desde o lançamento dos consoles de última geração, vários consumidores enfrentam problemas para adquirir produtos do tipo — modelos como o PlayStation 5, Xbox Series X e Nintendo Switch OLED sofrem com faltas de disponibilidade. Além disso, quando são encontrados, eles costumam ser vendidos por valores bastante caros, por conta dos altos custos de produção.

A situação não está mais fácil para quem costuma jogar pelo PC. Componentes como processadores, memórias RAM e especialmente placas de vídeo apresentaram aumentos significativos de preços nos últimos anos, o que dificultou a atualização das máquinas para a linha RTX 3000 da Nvidia, por exemplo. Portanto, a declaração do CEO da Razer indica que fica cada vez mais necessária a procura de ofertas e promoções pontuais, além de pesquisas em diferentes lojas para encontrar os melhores preços.

Fonte: Twitter/Min-Liang Tan  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.