Publicidade

Lenovo lança linha Chromebook Plus com modelos "gamer" e 2 em 1

Por| Editado por Wallace Moté | 03 de Outubro de 2023 às 11h49

Link copiado!

(Imagem: Divulgação/Lenovo)
(Imagem: Divulgação/Lenovo)
Tudo sobre Lenovo

Como parte dos anúncios da iniciativa Chromebook Plus, que incetiva o lançamento de máquinas mais poderosas com ChromeOS, a Lenovo apresentou nesta semana três notebooks que integram o programa do Google. As novidades buscam atender públicos variados, que procuram desde modelos mais compactos e versáteis, até máquinas "gamer" com opção que inclui tela maior com alta taxa de atualização e teclado com retroiluminação RGB.

Destaque pela proposta voltada para jogos, o IdeaPad Gaming Chromebook Plus não é exatamente uma novidade, o que explica sua chegada exclusiva à Europa — o aparelho havia sido apresentado em outubro do ano passado como parte do projeto de Chromebooks gamer do Google que, ao que parece, deve ter sido integrado à linha Chromebook Plus. Para o bem e para o mal, o design e as especificações são os mesmos, o que realmente significa que o aparelho é mais potente que a média, mas empregando hardware levemente desatualizado.

Continua após a publicidade

A solução vem equipada com até 16 GB de RAM LPDDR4X-4266 e até 512 GB de armazenamento SSD M.2 NVMe PCIe 4.0, oferecendo duas opções de processador: uma mais simples com Intel Core i3 1215U, de 6 núcleos e 8 threads (2 P-Cores de alto desempenho + 4 E-Cores de alta eficiência) rodando a até 4,4 GHz, e outra mais potente com Core i5 1235U, de 10 núcleos e 12 threads (2 P-Cores + 8 E-Cores) também trabalhando a até 4,4 GHz.

Essas escolhas, combinadas à ausência de uma GPU dedicada, deixam claro que a ideia não é oferecer um notebook gamer de alta potência, mas sim uma experiência premium voltada para o streaming de jogos. Corrobora para essa estratégia aspectos como a tela e o teclado, que oferecem painel IPS LCD de 16 polegadas Full HD, com taxa de atualização de 120 Hz, e retroiluminação RGB configurável.

Outros pontos fortes incluem o áudio estéreo com quatro speakers e a conectividade avançada, munida de Wi-Fi 6E, Bluetooth 5.2, duas portas USB-C 3.2 com Power Delivery e DisplayPort, duas portas USB-A 3.2, conector P2 para fones de ouvido e microfone, e leitor de cartões MicroSD. Fecham o pacote a webcam Full HD com proteção física de privacidade e o próprio ChromeOS, com 10 anos garantidos de atualizações.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Lenovo Flex 5i é opção mais versátil

Segundo anúncio do dia e opção mais poderosa entre os três lançamentos, o Lenovo IdeaPad Flex 5i Chromebook Plus também não é exatamente uma novidade — o aparelho havia sido encontrado no site da companhia nesta semana, recebendo agora informações completas sobre preço e disponibilidade. Além da potência, o modelo se destaca pela versatilidade por ser o único a trazer formato 2 em 1, podendo ser convertido em tablet.

Também temos por aqui duas opções de CPU: uma com Core i5 1334U, de 10 núcleos e 12 threads (2 P-Cores + 8 E-Cores) rodando a até 4,6 GHz, e outra com o mais modesto Core i3 1315U, de 6 núcleos e 8 threads (2 P-Cores + 4 E-Cores) operando a até 4,5 GHz. Ambos são acompanhados de 8 GB de RAM LPDDR4X-4266 e 128 GB, 256 GB ou 512 GB de armazenamento SSD M.2 NVMe PCIe 4.0.

Continua após a publicidade

A tela de 14 polegadas é bastante simples e adota painel IPS LCD com resolução Full HD de 1920 x 1200 pixels, em proporção 16:10. A taxa de atualização é de apenas 60 Hz, enquanto a cobertura de cores é de 45% da gama NTSC, algo próximo de 60% do padrão sRGB, oferecendo baixa precisão de cores. Ainda assim, o componente busca compensar essas limitações ao ser sensível ao toque e suportar canetas stylus no protocolo USI.

Assim como o irmão gamer, o IdeaPad Flex 5i Chromebook Plus tem a conectividade como um dos pontos mais fortes. Estão presentes no dispositivo Wi-Fi 6E, Bluetooth 5.1, duas portas USB-C 3.2 Gen 2 (com velocidade de transferência de 10 Gbps), USB-A 3.2 Gen 1 (5 Gbps), leitor de cartões MicroSD e conector P2 pra fones de ouvido e microfone. Fora isso, há bateria de 51 Wh, que entregaria até 10h de autonomia, segundo testes feitos pelo Google, e o ChromeOS com 10 anos de updates.

Lenovo Slim 3i foca na portabilidade

Continua após a publicidade

Completando os anúncios da Lenovo, o IdeaPad Slim 3i Chromebook Plus estreia focando na portabilidade e na duração de bateria. A máquina de 14 polegadas chega em versão única com processador Intel Core i3 N305, CPU básica que chegou como um substituto para os antigos Celeron, equipada com apenas 8 E-Cores trabalhando a até 3,8 GHz. O chip é acompanhado de 8 GB de RAM LPDDR4X-4266 e 128 GB ou 256 GB de armazenamento eMMC.

O painel IPS LCD possui boas especificações: a resolução é Full HD e, ainda que a taxa de atualização também seja de somente 60 Hz, a precisão de cores é elevada, com 100% de cobertura da gama sRGB. O brilho chama atenção, por atingir satisfatórios 300 nits, bem como a opção de adquirir uma variante sensível ao toque, ainda que não seja possível transformar o Slim 3i em tablet.

Mais uma vez, as conexões estão entre os pontos mais fortes do laptop, e incluem Wi-Fi 6E, Bluetooth 5.1, porta USB-C 3.2 Gen 2 (10 Gbps), duas portas USB-A 3.2 Gen 1 (5 Gbps), HDMI 1.4b e conector P2 para fones de ouvido e microfone. No mais, há webcam Full HD com proteção física de privacidade, bateria para até 12 horas de uso, ChromeOS com os 10 anos de atualizações e um diferencial: a certificação militar MIL-STD-810H, de resistência à água, impactos e outros cenários desafiadores.

Continua após a publicidade

Preço e disponibilidade

O Lenovo IdeaPad Slim 3i e Flex 5i Chromebook Plus já estão disponíveis no exterior com preços sugeridos que partem de US$ 549,99 (~R$ 2.810) e US$ 499,99 (~R$ 2.560), respectivamente. Por sua vez, o IdeaPad Gaming Chromebook Plus está à venda na Europa com valores que começam em € 599 (~R$ 3.210). Todos saem da caixa com três meses de assinatura do Photoshop Web e Adobe Express Premium de brinde.

A gigante não detalhou se pretende trazer as novidades ao Brasil, mas não espere vê-los por aqui oficialmente — poucas companhias têm apostado em trazer Chromebooks mais avançados ao mercado brasileiro, restringindo-se aos modelos de baixo custo.