Apple aumenta projeção de investimentos nos Estados Unidos em 20% até 2023

Apple aumenta projeção de investimentos nos Estados Unidos em 20% até 2023

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 27 de Abril de 2021 às 13h15

A Apple fez um importante reajuste em sua política de investimentos internos para os próximos anos. Em 2018, a Maçã havia anunciado o aporte de US$ 350 bilhões nos Estados Unidos, que seriam direcionados para várias áreas da empresa. Mas, com a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2) e o aumento da necessidade de recuperação, esse valor foi aumentado, indo para a casa dos US$ 430 bilhões, 20% a mais do que o esperado.

“Neste momento de recuperação e reconstrução, a Apple está dobrando o compromisso com a inovação e fabricação nos Estados Unidos, com um investimento geracional alcançando comunidades em todos os 50 estados”, disse Tim Cook, CEO da Apple, em um comunicado.

Os US$ 80 bilhões extras serão direcionados a fornecedores, gastos operacionais, doações filantrópicas, expansão do data center, produções originais do Apple+ e despesas diversas. Além disso, a Apple prometeu construir um novo campus na Carolina do Norte, com gastos beirando o US$ 1 bilhão.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Tim Cook anunciou aumento de 20% nas projeções de investimentos da Apple/ Imagem: Divulgação

O novo conglomerado de escritórios da companhia fará parte do Triângulo de Pesquisa da Carolina do Norte (em homenagem ao trio de universidades próximas: Duke University, North Carolina State University e a University of North Carolina em Chapel Hill). Com esse investimento, a empresa estima criar cerca de três mil empregos em machine learning, inteligência artificial, engenharia de software e outras áreas relevantes.

Já entre as doações, a Apple promete lançar um fundo de US$ 100 milhões para escolas e comunidades do estado, além de contribuir com mais de US$ 110 milhões para 80 dos condados mais pobres da região.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.