Google Chrome ganha recurso de legendas automáticas em vídeos ao vivo

Por Alveni Lisboa | 17 de Março de 2021 às 13h45
Reprodução/Deepanker/Pixabay

O Google Chrome apresentou um novo recurso de criação em tempo real de legendas em vídeos ao vivo. O recurso foi implementado pela primeira vez nos telefones Pixel com atualização do Android 10 e, posteriormente, chegou a outros dispositivos, incluindo as séries Galaxy S20, OnePlus 8, OnePlus Nord e outras. A novidade se assemelha ao closed caption existente nos aparelhos televisores.

A funcionalidade transcreve para o formato de texto a locução de áudio em que está ativa na guia. Serve para vídeos, podcasts, conferências e até chamadas telefônicas efetuadas pelo navegador. Trata-se de uma função fundamental para pessoas com deficiência auditiva ou para quem deseja acompanhar um vídeo sem dispor de caixa de som ou fone de ouvido.

(Imagem: Captura de tela/Canaltech)

Até então este recurso era restrito a usuários do Android, mas agora a novidade desembarca na versão 89 do Chrome. O opção é chamada de "Legenda Instantânea" (Live Caption, em inglês) e fica localizada em Configurações> Avançado> Acessibilidade. Assim que ativada, o navegador faz um pequeno download interno dos recursos de reconhecimento de fala.

“Closed caption” do Chrome

O Canaltech testou a funcionalidade no YouTube, Twitch e Netflix e tudo funciona perfeitamente. Por enquanto, a única linguagem disponível é o inglês, mas isso deve mudar logo. O sistema consegue identificar gírias e até expressões casuais com ótima precisão.

Pop-up reconhece a fala em tempo real e a transforma em texto (Imagem: Captura de tela/Canaltech)

As legendas aparecem automaticamente em uma pequena janela pop-up na parte inferior de um vídeo. Você pode expandir para caber mais texto ou clicar no "X" para desativar a funcionalidade naquela guia específica. A melhor parte é que o recurso funciona mesmo com o som do computador totalmente desligado.

A novidade estava em desenvolvimento para o Chrome há quase um ano e começou a funcionar em compilações do Canary, a versão de testes do navegador, em junho de 2020. Agora, chega também na versão estável do aplicativo.

Testou a novidade? O que achou dela? Parece ser algo bastante promissor? Deixe sua opinião no campo de comentários.

Fonte: XDA-Developers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.