Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

TikTok processa governo dos EUA para impedir banimento no país

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 07 de Maio de 2024 às 17h20

Link copiado!

Douglas Ciriaco/Canaltech
Douglas Ciriaco/Canaltech
Tudo sobre TikTok

Tudo indica que a briga entre os EUA e o TikTok está longe de um final e a empresa chinesa não tem intenção de cair sem lutar. A ByteDance (dona da rede social) entrou com uma ação judicial contra o governo estadunidense para tentar reverter o possível banimento da plataforma no país. Segundo a companhia, a lei sancionada é inconstitucional.

O processo foi aberto na terça-feira (7), segundo revela a agência Reuters, que teve acesso aos documentos da ação. Na papelada, a companhia chinesa afirma que “pela primeira vez na história, o Congresso [dos EUA] promulgou uma lei que sujeita uma única plataforma de discurso nomeada a uma proibição permanente em todo o país e proíbe todos os americanos de participarem de uma comunidade online única com mais de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo”.

Além disso, a ByteDance alega que a decisão de Joe Biden de sancionar a lei que permitiria o banimento do TikTok no país fere a Constituição e pode trazer consequências para a proteção à liberdade de expressão nos EUA. O objetivo da ação na Justiça é a de reverter justamente essa lei, que força a venda da plataforma e foi sancionada em abril.

Continua após a publicidade

China não permitiria a venda, diz TikTok

Enquanto tenta derrubar a lei, a ByteDance destaca que o governo da China não permitiria a venda — em outras palavras, caso o banimento realmente ocorra, o TikTok acabaria deixando por completo os Estados Unidos.

Enquanto a disputa continua, o Canaltech foi a fundo para entender se realmente há a possibilidade do fim do TikTok no país e falou com especialistas sobre o assunto.

Fonte: Reuters