Receita libera 1º lote de restituição do Imposto de Renda 2022; veja como checar

Receita libera 1º lote de restituição do Imposto de Renda 2022; veja como checar

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 24 de Maio de 2022 às 12h20
Pixabay

O primeiro lote de restituição do imposto de renda 2022 já está disponível para consulta nesta terça-feira (24). Segundo a Receita Federal, esse lote também contempla restituições residuais de exercícios anteriores. O órgão calcula que o dinheiro entrará nas contas de 3.383.969 contribuintes no dia 31 de maio, somando R$ 6,3 bilhões.

O valor será destinado a contribuintes que têm prioridade legal: idosos acima de 80 anos (226.934 contribuintes), entre 60 e 79 anos (2.305.412), com deficiência física ou mental ou moléstia grave (149.016) e cuja maior fonte de renda seja o ofício de professor (702.607).

Para conferir a restituição, siga estes passos:

  • Acesse a página da Receita Federal;
  • Clique em "Meu Imposto de Renda";
  • Em seguida, digite seu CPF e data de nascimento e em "Consultar a Restituição".
Primeiro lote da restituição do imposto de renda será destinado a contribuintes com prioridade legal, como idosos e professores (Imagem: Bicanski/Pixnio)

A página permite uma consulta simplificada ou completa da situação da declaração do IR. Ao logar no e-CAC, clique em "Meu Imposto de Renda" e depois em "Extrato do processamento". Se a página apontar alguma pendência na declaração que possa colocar o contribuinte na "malha fina", pode retificá-la corrigindo as informações erradas ou complementando as restantes.

A Receita também conta com aplicativo (Android | iOS) que permite consulta a informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

O pagamento da restituição é realizado na conta bancária informada na declaração de imposto de renda. Se, por algum motivo, o crédito não for realizado (por exemplo, a conta informada foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. Neste caso, o cidadão poderá reagendar o crédito dos valores pelo Portal BB ou por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (para deficientes auditivos).

Fonte: Receita Federal

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.