Mais de 70 Galaxy Note7 já pegaram fogo nos Estados Unidos

Por Redação | 13 de Setembro de 2016 às 08h41
photo_camera Adriano Ponte/Canaltech

Notícias de que exemplares do Galaxy Note7 da Samsung estão pegando fogo ou explodindo têm sido cada vez mais frequentes. A agência responsável pela segurança do consumidor Health Canada, em parceria com a Samsung, revelou que mais de 70 Galaxy Note7 pegaram fogo apenas nos Estados Unidos desde o mês passado. É quase o dobro do que foi anunciado anteriormente pela Samsung quando da revelação de que o smartphone possuía um defeito na bateria.

A agência Health Canada acredita que antes das vendas terem sido congeladas, cerca de 22 mil exemplares do produto chegaram a ser vendidos.

A empresa sul-coreana anunciou recall dos aparelhos e está, inclusive, pedindo para que os consumidores deixem de usá-lo. Companhias aéreas também têm solicitado aos passageiros que não utilizem o smartphone durante voos como modo preventivo.

O Galaxy Note7 é o modelo mais recente da Samsung e foi anunciado no início de agosto deste ano, sendo o principal top de linha da companhia na atualidade - uma pena que explode.

Fonte: SamMobile

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.