Magalu abre inscrições do programa Luiza Code com bolsas de TI para mulheres

Magalu abre inscrições do programa Luiza Code com bolsas de TI para mulheres

Por Dácio Castelo Branco | Editado por Claudio Yuge | 17 de Março de 2022 às 23h20
Christina @ wocintechchat.com/Unsplash

Nesta quinta-feira (17), o Magalu abre o período de inscrições para a quarta edição do Luiza Code, programa de aceleração da carreira de mulheres na tecnologia. Serão disponibilizadas 50 bolsas de estudo em software aberto Node.js, tecnologia capaz de construir sites, aplicativos e operar serviços.

Como nas outras edições, parte das vagas é destinada ao público interno da empresa, sendo que 50% das bolsas são para mulheres negras. O curso terá 100 horas de conteúdo online, elaborado pelo time de profissionais do Luizalabs, o setor de tecnologia do Magalu. Dessa forma, as alunas podem adaptar o programa à sua rotina, com direito ao acesso a interações com os professores em tempo real.

“Iniciamos mais um ano com esse projeto super importante para a companhia, em que preparamos, de forma gratuita, mulheres para o mercado de trabalho de tecnologia, que sofre com alta demanda de profissionais”, diz Patricia Pugas, diretora-executiva de gestão de pessoas do Magalu.

As inscrições para o Luiza Code ficam abertas até 24 de março pelo site oficial do programa. O curso em si ocorrerá entre os dias 18 de abril a 4 de junho.

Histórico do Luiza Code

O Luiza Code chega em sua quarta edição com mais de 300 alunas formadas e parte delas contratadas para integrar o time de tecnologia da empresa. Todas as participantes do programa, que tiverem interesse, podem participar de um processo seletivo para se tornar desenvolvedora no Magalu.

Apesar da escassez de profissionais na área, a presença de mulheres ainda é baixa. De acordo com uma pesquisa realizada pelo PretaLab e Thoughtworks, elas representam apenas 30% dos trabalhadores do setor de tecnologia. Com o Luiza Code, o Magalu oferece oportunidades para que mulheres de todo o Brasil aprendam a programar e possam iniciar carreira nessa área.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.