Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Como a tecnologia impactará os negócios em 2023?

Por| Editado por Claudio Yuge | 06 de Fevereiro de 2023 às 20h20

Link copiado!

pressfoto/Freepik
pressfoto/Freepik

Metaverso, inteligência artificial, sustentabilidade... Esses são alguns dos tópicos que o Looking Glass 2023 traz sobre as mudanças que serão impulsionadas pela tecnologia no mundo corporativo. O relatório, elaborado pela consultoria global Thoughtworks, visa ajudar as empresas a identificar novas oportunidades de negócios, adotando as tendências e obtendo vantagens estratégicas em relação à sua concorrência.

Segundo a empresa, o Looking Glass é construído em torno de seis “lentes” — em que cada uma representa "uma narrativa relevante para a indústria", que considera diversas tendências tecnológicas que impactam nos negócios ao redor do mundo. Os filtros permitem que os empresários se concentrem no que cada avanço tecnológico oferece para a sua empresa e como agir com cada uma deles.

"Para cada lente, apresentamos oportunidades de implementação de tecnologia em seu negócio e sinais para avaliar a rapidez com que algo está se aproximando. Classificamos cada uma das mais de 100 tendências mapeadas em duas dimensões: a popularidade nas empresas e nossa resposta estratégica recomendada — adote, avalie ou antecipe", diz o relatório.

Continua após a publicidade

Principais mudanças impulsionadas pela tecnologia em 2023

O Looking Glass organizou as tendências mapeadas nas seis lentes, a seguir;

1. Plataformas como produtos: foco em clientes para entregar valor. Para serem verdadeiramente eficazes e transformadoras, as plataformas devem ser desenvolvidas tendo como compromisso inegociável o valor para o usuário final. Uma maneira de alcançar esse objetivo é habilitando pessoas desenvolvedoras, cientistas de dados e outras funções para entregar valor excepcional.

2. Tecnologia hostil:enfrentando desafios de segurança, ética e privacidade. Para ser bem-sucedida, a inovação precisa obrigatoriamente mitigar os potenciais riscos da adoção de novas tecnologias. Com o aumento no número de ataques, a cibersegurança se tornou um dos tópicos mais importantes para este ano.

3. IA como parceira:a popularização da inteligência das máquinas. As empresas devem considerar onde e como incorporar recursos de inteligência artificial e aprendizado de máquina, garantindo impacto tangível.

4. Criando o metaverso:explorando as fronteiras da interação digital. Tecnologias emergentes, como realidade estendida e aumentada, estão habilitando novas formas de conexão dentro das organizações e no mercado mais amplo.

5. Analisando a Web3: navegando pelos possíveis futuros da internet. O futuro da internet está sendo construído agora, e líderes de negócios devem contribuir com escolhas inteligentes e embasadas. Para Dra. Rebecca Parsons, CTO da Thoughtworks, a maioria das empresas acredita que as maiores oportunidades da Web3 provavelmente surgirão em torno da redução do atrito e da digitalização.

Continua após a publicidade

“Para algumas pessoas, a Web3 se tornou sinônimo de volatilidade e esquemas tipo ‘enriqueça-se rapidamente’. Se os aspectos de segurança e privacidade do blockchain forem abordados, o ganho em identidade distribuída e maior controle do usuário final pode criar para as empresas novas maneiras de manter a privacidade dos dados, conquistando assim a confiança e a lealdade de clientes na Web3”, afirma.

6. Acelerando rumo à sustentabilidade: respondendo à crise climática com tecnologia. A tecnologia não é apenas um elemento importante para a transformação sustentável, mas sim um agente impulsionador. As medidas de ESG estão cada vez mais em alta em discussões no mercado corporativo, sendo um diferencial na hora de escolher uma companhia.

O relatório é atualizado anualmente e pode ser acessado integralmente pelo portal da Thoughtworks.