Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Amazon vai investir até US$ 4 bilhões em startup de IA rival da OpenAI

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 25 de Setembro de 2023 às 09h27

Link copiado!

Amazon.com/Reprodução
Amazon.com/Reprodução
Tudo sobre Amazon

A Amazon deu mais um passo importante na corrida pelo topo do mercado de inteligência artificial: a empresa anunciou um investimento que pode chegar a até US$ 4 bilhões (cerca de R$ 19 bilhões em conversão direta na cotação atual) na startup de IA Anthropic.

De acordo com a Reuters, o aporte inicial é de US$ 1,25 bilhão (cerca de R$ 6,2 bilhões) e aquisição de uma participação minoritária na Anthropic, mas há uma cláusula que pode elevar o investimento até US$ 4 bilhões. A companhia de IA foi fundada por dois ex-executivos da OpenAI e criou o chatbot Claude, uma espécie de IA “politicamente correta” treinada para não criar conteúdos nocivos, como malwares e textos sobre como fabricar armas caseiras.

Continua após a publicidade

Como resultado da parceria, a startup vai usar a estrutura do Amazon Web Services para treinar e desenvolver novos modelos de fundação. O AWS atuará como provedor principal de nuvem para os fluxos de trabalho e oferece os chips Trainium e Inferentia, voltados para uso em inteligência artificial.

Em troca, a Anthropic expandiu o acesso ao Claude para a API do Amazon Bedrock, serviço dedicado a criar aplicações de IA generativa a partir de modelos de base. A novidade facilita o uso do bot por desenvolvedores e engenheiros, enquanto amplia opções de personalização dos modelos para cada empresa.

Mais um passo da Amazon com IA

A Amazon mostra mais uma vez o seu poder de fogo na corrida por inteligência artificial. Após anunciar a transformação da Alexa em uma IA generativa, a Gigante de Seattle também aumenta a presença no desenvolvimento de novos modelos para empresas com o investimento na Anthropic — que é apoiada pela Alphabet, dona do Google.

Esse movimento é muito parecido com o que a Microsoft fez com a OpenAI: a criadora do Windowsjá investiu mais de US$ 10 bilhões (aproximadamente R$ 50 bilhões) na empresa detentora do ChatGPT, mas também possui as iniciativas próprias de IA, como o novo assistente Copilot.

O ano de 2023 pode ser resumido na corrida pela IA das Big Techs. O Google já oferece testes do Gemini, um modelo conversacional que promete concorrer no mesmo nível do GPT-4, da OpenAI, e rumores apontam que a Apple tem um gasto milionário por dia no desenvolvimento dos próprios modelos.

Fonte: Reuters