Facebook negocia compra da BlackBerry, diz jornal

Por Redação | 29 de Outubro de 2013 às 18h11
photo_camera Divulgação

O destino da BlackBerry ainda é incerto, mas as ofertas de empresários e grandes companhias de tecnologia não param de surgir. O rumor mais recente, divulgado pelo The Wall Street Journal, é que o Facebook sinalizou interesse em comprar a fabricante que passa por uma crise financeira.

De acordo com a publicação, representantes da BlackBerry se reuniram com executivos do Facebook na Califórnia, Estados Unidos, para discutir um possível acordo de oferta da rede social pela empresa de dispositivos móveis. No entanto, não se sabe quais são os verdadeiros planos da rede social: adquirir a BlackBerry por inteira ou apenas participar de um grupo de investidores para comprar a companhia.

O Facebook já se aventurou em lançar um aparelho com a cara da rede social, o HTC First. O dispositivo traz uma interface Android customizada, com ferramentas e aplicativos pensados especialmente para o usuário que acessa o site todos os dias. Mas o smartphone não agradou os consumidores e vendeu menos que o esperado.

Vale lembrar que Mark Zuckerberg anunciou em agosto o Internet.org, um projeto que visa levar internet para as mais de cinco bilhões de pessoas ao redor do globo que ainda não têm acesso à web. Caso o Facebook adquira a BlackBerry, esse serviço poderia aumentar a expansão da rede social em locais mais remotos do planeta.

Dança das cadeiras

Em agosto deste ano, a BlackBerry anunciou estar disponível para venda. Um porta-voz da empresa afirmou que "a comissão especial, com a ajuda de consultores financeiros e legais independentes do BlackBerry, está conduzindo uma revisão robusta e completa de alternativas estratégicas [para a crise]".

O prejuízo da empresa é de cerca de US$ 934 milhões, em parte devido ao estoque de unidades do BlackBerry Z10, um dos últimos celulares lançados pela empresa que foi um fracasso de vendas e adesão do público. Em 2012, cinco mil funcionários foram demitidos da companhia. Até o final de 2013, 40% do número de trabalhadores atuais também devem ser dispensados.

Analistas de mercado estimam que o valor real da BlackBerry hoje seja algo entre US$ 3 bilhões e US$ 4,5 bilhões. Cisco, Google e SAP seriam as principais interessadas em adquirir a empresa, além da maior fabricante de computadores do mundo, a Lenovo.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.