Florestas têm papel fundamental na manutenção do clima da Terra; entenda

Florestas têm papel fundamental na manutenção do clima da Terra; entenda

Por Wyllian Torres | Editado por Patrícia Gnipper | 05 de Agosto de 2021 às 10h35
Pixabay/jpleno

Além de contribuir com a moderação do clima terrestre, ao capturar carbono da atmosfera, as árvores desempenham um papel fundamental no ciclo da água. Uma nova pesquisa usou os registros obtidos por satélites para examinar como as florestas afetam o clima de outras maneiras. A primeira avaliação em escala global revelou que a presença das árvores contribui para a formação de nuvens baixas, as quais resfriam o clima local e produzem chuva.

O levantamento utilizou os dados produzidos pela Iniciativa de Mudança Climática (CCI, na sigla em inglês), da Agência Espacial Europeia (ESA), para examinar o efeito da transição da cobertura vegetal para floresta estacional decidual e perene. “As observações da Terra mostram cada vez mais que as árvores e as florestas estão afetando o clima ao modificar as propriedades biofísicas da superfície”, explica Alessandro Cescatti, pesquisador do Joint Research Centre (JRC) e co-autor do artigo.

Efeito do reflorestamento na cobertura de nuvens baixas (Imagem: Reprodução/ESA)

A pesquisa revela como as nuvens, de modo geral, aumentaram durante todo o ano em áreas com a presença de florestas em regiões temperadas, tropicais e áridas, em até 15%. Apesar disso, durante o inverno e a primavera do hemisfério Norte, quando regiões como América do Norte, Rússia e Europa Oriental estão cobertas de neve, os autores do estudo perceberam uma redução na cobertura de nuvens — já no verão, a formação de nuvens acima das árvores cresce em até 5%.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

De acordo com Martin Stengel, líder do projeto Climate Change Initiative Cloud — que reúne uma vasta cobertura de dados de observação da Terra obtidos por satélites e em solo —, sem as nuvens globais e observações, este estudo não teria sido possível em escala global. Embora não tenha participado da pesquisa, Stengel acrescenta que “os autores deste estudo apreciaram a alta resolução espacial dos produtos da iniciativa”.

Para Cescatti, estudos como este, baseados em observações robustas de satélite, são essenciais para caracterizar a complexidade do sistema climático, fornecendo uma base para a elaboração de modelos climáticos. A equipe ainda reforça que a mitigação do clima por meio do reflorestamento não deve ser fundamentada apenas pela captura de carbono que as florestas desempenham.

Para além disso, é necessário incluir os muitos outros benefícios climáticos que as florestas têm a oferecer, como o aumento da cobertura de nuvens, o resfriamento do clima local e a formação de mais chuva, dando às florestas um valor hidrológico a mais.

A pesquisa foi publicada no dia 15 de julho deste ano, na Nature Communications.

Fonte: ESA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.