Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

China anuncia que vai expandir programa de modificação do clima até 2025

Por| 09 de Dezembro de 2020 às 07h30

Link copiado!

Ralf Leineweber/Unsplash
Ralf Leineweber/Unsplash

A China anunciou nesta semana que seu governo planeja expandir drasticamente um programa de modificação experimental do clima nos próximos cinco anos. O objetivo será cobrir uma área de mais de 5,5 milhões de quilômetros quadrados, medida que é 1,5 vezes maior que o tamanho total da Índia, até 2025.

O feito será possível graças à tecnologia chamada semeadura de nuvens, já usada há décadas pelo país, que é responsável por explodir moléculas de prata no céu, que fazem a condensação e a formação de nuvens, fazendo com que chova de forma antecipada. Com a iniciativa, a missão do governo é ajudar nas questões de produção agrícola, incêndios florestais, pastagens, altas temperaturas e clima seco, desastres e emergências.

Continua após a publicidade

Na China, a técnica de semeadura de nuvens costuma ser usada para proteger áreas agrícolas e garantir céu limpo antes de eventos importantes, como aconteceu em 2008, nas Olimpíadas de Pequim. Com a tecnologia, foi possível não só reduzir a poluição, como também evitar que chovesse antes dos dias de competições. 

Entre os anos de 2012 a 2017, a China investiu mais de US$ 1,34 bilhão em diversos programas de modificação do clima, e no ano passado a tecnologia ajudou a reduzir em 70% os danos provocados pela queda de granizo na região de Xinjiang, no oeste do país, conhecida por ser uma área agrícola de importância.

No futuro, especialistas acreditam que a China possa executar projetos mais ambiciosos, como soluções extremas que ajudariam a reduzir a temperatura de determinadas regiões do planeta, o que pode acabar trazendo consequências negativas ainda imprevistas, gerando conflitos políticos.

 

Fonte: CNN