Samsung anuncia novos CEOs depois de escândalo de corrupção

Por Redação | 31 de Outubro de 2017 às 11h36
TUDO SOBRE

Samsung

Depois de enfrentar um grande escândalo de corrupção na Coreia do Sul, que culminou com a saída de seu então CEO Kwon Oh-hyun, a Samsung anunciou nesta segunda-feira (30) a promoção de três novos nomes para o cargo de presidente executivo.

Mantendo a estrutura de gerenciamento em três áreas chefiadas por três CEOs, a gigante sul-coreana de tecnologia anunciou Kim Ki-nam como responsável pelo setor de componentes, Kim Hyun-suk pelo setor de eletrônicos de consumo, e Koh Dong-jin gerenciando a área de mobile e TI.

Além de substituírem Kwon Oh-hyun, que renunciou ao cargo, os novos nomes também substituirão outros dois executivos que gerenciavam as mesmas áreas. Os anúncios vieram logo após a divulgação de números recorde de lucro para empresa entre julho e setembro, superando o trimestre anterior, e puxado principalmente pelos resultados na área de chips e semicondutores.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

No segmento mobile, apesar dos bons resultados do Galaxy Note 8, a Samsung ainda se recupera do baque do Note7, e vê o perigo crescente da Huawei, além de uma competição mais resistente por parte da Apple. Analistas acreditam que a fabricante tem se movido lentamente no segmento, sobretudo para se adaptar a novas tecnologias como inteligência artificial e realidade aumentada.

O ex-CEO Kwon Oh-hyun emitiu um comunicado assim que soube da promoção dos novos líderes dizendo que "a próxima geração está preparada para acelerar o ritmo de inovação e atender às demandas do mundo conectado". Ele ainda acrescentou: "eles têm comprovado uma experiência extensa e especializada em seus campos."

Fonte: CNET

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.