iOS 11 pode deletar apps pouco usados automaticamente

Por Redação | 07.06.2017 às 09:15

Otimização parece ser uma das palavras de ordem do iOS 11, a nova versão do sistema operacional móvel da Apple. E com a chegada da atualização para desenvolvedores, ainda em estágio Beta, começam a surgir informações não divulgadas no palco da WWDC 2017, como um sistema capaz de apagar automaticamente os aplicativos pouco utilizados pelo usuário.

A funcionalidade vem desligada por padrão, mas pode ser ativada de maneira simples no menu de ajustes. Com isso, os softwares raramente abertos serão apagados de forma automática, possivelmente após algum tempo sem uso, mas seus dados e documentos permanecerão armazenados no dispositivo caso seja preciso realizar o download novamente.

O único impedimento aqui, claro, é a possibilidade de o software em questão sair da App Store, algo que é passível de acontecer, principalmente com softwares de desenvolvedores menores, que podem permanecer sem atualizações ou infringirem os termos de uso da loja. Instalados no aparelho, eles permanecem lá e funcionando, mas caso sejam apagados, não poderão mais ser baixados. Não é possível criar exceções ao sistema.

Também não se sabem alguns detalhes de seu funcionamento, como o critério usado para determinar que um aplicativo não é usado há algum tempo – quanto dias ou meses para que eles sejam apagados? – ou se a funcionalidade se aplica também aos softwares padrão do iOS. Aqui, provavelmente, a resposta é não, já que eles são apenas ocultados, em um processo que não libera espaço na memória.

O iOS 11 já se encontra em fase de testes com os desenvolvedores e deve chegar aos usuários de iPhones, iPads e iPods compatíveis no segundo semestre de 2017.

Fonte: iDownloadBlog