Apple App Store registra recorde de receita e transações em julho

Por Redação | 06 de Agosto de 2014 às 07h35
TUDO SOBRE

Apple

O Android pode dominar com folga o mercado de sistemas operacionais móveis. Mas quando o assunto é loja de aplicativos, não tem para ninguém: a Apple App Store aparece no topo do ranking - pelo menos no que diz respeito ao quesito "gerar lucros". Para mostrar a importância desse departamento, considerado um dos grandes serviços da empresa de Cupertino, a companhia informou nesta terça-feira (5) à rede americana de televisão CNBC que o mês de julho foi recorde para a App Store.

Sem entrar em muitos detalhes, que podem ser divulgados posteriormente, a corporação disse que sua loja de aplicativos teve a maior receita da história no último mês, além de registrar o maior número de transações feitas por usuários que possuem os dispositivos da Maçã, como iPads e iPhones.

"Eu não poderia estar mais feliz. Esses foram os melhores resultados para um trimestre desde que comecei a trabalhar na Apple", disse o CEO da empresa, Tim Cook, em um comunicado oficial à CNBC. O executivo também agradeceu o acontecimento em sua conta pessoal no Twitter, citando a comunidade de desenvolvedores que ajudam na criação e melhoria de ferramentas presentes na loja de apps da companhia.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Há cerca de duas semanas, na divulgação dos resultados financeiros dos últimos três meses, a Apple fez algumas observações interessantes que mostram como a App Store não para de crescer. De acordo com o relatório, a loja já conta com 75 bilhões de downloads cumulativos, sendo que, nos últimos 12 meses, os desenvolvedores receberam mais de US$ 20 bilhões por conta das vendas de aplicativos através da loja. No mesmo período, a receita do iTunes cresceu 25% em comparação ao que foi registrado há um ano.

Em abril deste ano, a firma App Annie divulgou que, embora a Google Play Store tenha um número maior de downloads do que a App Store, a loja de aplicativos da Apple consegue gerar 85% mais lucro do que sua principal concorrente. A explicação para isso é que o Google tem grande domínio em mercados emergentes, onde existem muitos smartphones Android com preços bem mais baixos que o iPhone. Esses usuários, entretanto, acabam preferindo baixar apenas aplicativos gratuitos, fazendo com que a Play Store vença em número de downloads, mas perca em receita.

Especialistas acreditam que os números da App Store irão aumentar ainda mais com o lançamento do aguardado iPhone 6, previsto para setembro. Novas informações sobre a loja de apps da Apple devem ser reveladas no anúncio do novo smartphone.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.