Qual a diferença entre repetidor e roteador de sinal?

Qual a diferença entre repetidor e roteador de sinal?

Por Lu do Magalu | Editado por Bruno Salutes | 14 de Novembro de 2021 às 15h00
DepositPhotos

Roteador ou Repetidor de sinal, qual vale mais a pena? Quando estamos com problemas no sinal de Wi-Fi em casa ou no trabalho, esses dois aparelhos podem ser uma ótima solução. Mas, para entender qual é melhor para você, antes é necessário ver direitinho: quais as principais diferenças entre os dois distribuidores de sinal.

Afinal, em algumas situações quando estamos com sinal fraco em algumas partes da casa, comprar um roteador pode melhorar muito a conexão. Só que às vezes, instalar um ou dois pontos de repetidor pode ser mais barato e eficiente. Por isso, hoje vim dar essa dica para vocês!

Roteador x Repetidor: quais as principais diferenças?

Gente, a principal diferença entre eles está no jeitinho de lidar com o sinal de internet. Os Roteadores, tem a função de encaminhar e organizar os pacotes de dados entre os canais de rede. Isso significa que ele consegue identificar dispositivos conectados na rede Wi-Fi e enviar sinal de internet para eles de maneira individual.

Repetidor de internet - (Imagem: Reprodução/DepositPhotos)

Já os Repetidores, eles pegam o sinal de internet já existente vindo do Roteador de internet e “repete” ele, aumentando o alcance da sua conexão. Ah! E os Repetidores também criam uma segunda rede separada.

Roteador x Repetidor: qual é melhor?

Na maioria das vezes os roteadores conseguem cobrir uma área grande com seu sinal. Na frequência de conexão mais comum aqui no Brasil — 2,4 GHz (Gigahertz, é a medida das as ondas eletromagnéticas emitidas) os roteadores podem alcançar 46 metros em ambientes internos e até 92 metros em ambientes externos.

Roteador Wi-Fi em fundo azul - (Imagem: Alesmunt/Canva)

Então, trocar de roteador ou comprar um segundo roteador, é mais indicado quando você estiver com muitos problemas no seu aparelho atual, ou precisa de um aparelho com uma potência maior como os Roteadores Mesh. Esses usam uma tecnologia de distribuição diferente, com mais pontos de internet e um roteador central. Alguns modelos de Roteador Mesh distribuem o sinal de Wi-Fi em 100 m² a 300m². Isso é muita coisa, né? Você pode saber mais sobre eles nessa matéria aqui:

Distribuição de sinal dos roteadores Mesh - (Imagem: Reprodução/Intelbras)

Agora, quando você tem um ou dois cômodos na casa que ficam com um sinal mais fraco de internet, os repetidores podem ser uma ótima solução. Afinal, muitas coisas podem causar pequenas interferências no sinal como: revestimento e paredes muito grossas. Nesse caso, instalar um repetidor onde o sinal estiver mais fraco é muito eficiente e uma opção “menos cara”.

Prontinho! Agora você sabe quais são as principais diferenças entre repetidores e roteadores de sinal. Gostou dessa dica? Compartilhe essa matéria com seus amigos!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.