Netflix anuncia que começará operações em Cuba

Por Redação | 10 de Fevereiro de 2015 às 08h46

Dias depois de ultrapassar a marca de dois milhões de assinantes no Brasil, a Netflix anunciou sua chegada a mais um país. O serviço de streaming de vídeos anunciou que vai iniciar o trabalho em Cuba, depois de uma reaproximação com os Estados Unidos, que aconteceu no fim do ano passado.

De acordo com informações do Hollywood Reporter, a plataforma vai chegar a Cuba custando US$ 7,99, mas terá que enfrentar alguns desafios na ilha tropical. De acordo com a própria população cubana, o acesso à internet por uma única hora no país custa o mesmo valor da assinatura mensal do serviço, além do fato de que a velocidade de conexão oferecida é muito baixa.

O presidente executivo da companhia, Reed Hastings, afirmou em um comunicado que "Cuba tem grandes cineastas e uma cultura e arte robustas" e que um dia espera que os trabalhos do país possam ser compartilhados para toda a audiência da sua plataforma de streaming, que conta, atualmente, com mais de 57 milhões de membros.

"Estamos muito felizes por finalmente podermos oferecer a Netflix para o povo cubano, conectando-os com histórias de todo o mundo que eles irão adorar", diz Hastings.

O catálogo da Netflix varia de acordo com cada país, mas a empresa já garantiu que produções próprias de sucesso, como "Orange is The New Black", "Marco Polo" e "House of Cards" já estão garantidas na programação.

A Netflix já está disponível em quase 50 países e cerca de cinco milhões de seus assinantes são da América Latina.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.