Confira quais são os 10 vídeos mais odiados da história do YouTube

Por Sérgio Oliveira | 25.07.2014 às 10:05

Já faz algum tempo que o YouTube ocupa um importante espaço na vida das pessoas que antes era monopolizado pela televisão e os grandes veículos de telecomunicação. Agora, nós não só podemos escolher o que assistimos, como também podemos expressar nossa opinião para o bem ou para o mal.

Por esse motivo, quem se lança no maior site de compartilhamento de vídeos do mundo, seja artista ou não, está suscetível tanto ao afago dos fãs quanto à ira e raiva daqueles que o odeiam. E esses 10 vídeos sofreram com isso e se tornaram os mais odiados de todo o YouTube. Confira-os:

10. PSY - Gentleman

O sul-coreano PSY ganhou o rótulo de estrela pop quando seu vídeo Gangnam Style explodiu no YouTube e se tornou o mais visto da história do site. A fama, no entanto, é uma faca de dois gumes e se por um lado o tornou popular, por outro fez com que seus demais trabalhos fossem extremamente criticados. O clipe de Gentleman, um dos sucessos do asiático, foi alvo dessa crítica e já recebeu mais de 589 mil "não gostei" no YouTube.

9. Justin Bieber - Boyfriend

Muito antes de Justin Bieber ocupar as manchetes por causa do seu estilo de vida polêmico e controverso, o astro teen canadense era notado por seus recordes de visualização no YouTube. Agora, a lista de recordes do cantor ganha mais um registro, com Boyfriend sendo o nono vídeo mais odiado do site com mais de 590 mil avaliações negativas.

8. Rebecca Black - My Moment

Rebecca Black é aquele tipo de artista que procura os seus 15 minutos de fama. A cantora adolescente explodiu no YouTube com a canção Friday. O problema é que o clipe era medíocre e a voz de Black tinha tanto autotune que ela soava quase como um alienígena. Resultado: a zoação infinita depreciou todos os seus trabalhos e fez My Moment ser o oitavo vídeo mais odiado do YouTube com mais de 696 mil "não gostei".

7. Nicki Minaj - Stupid Hoe

Nicki Minaj pode ser uma das artistas mais famosas que temos hoje em dia, mas quando ela decidiu transportar toda a bizarrice de seu figurino para a letra de Stupid Hoe, fãs e haters não perdoaram. A música é terrível e incompreensível. O clipe, ídem. Resultado: 720 mil "não gostei" no YouTube.

6. Rick Perry - Strong

Quando o atual governador do estado norte-americano do Texas resolveu concorrer às eleições presidenciais dos EUA em 2012, ele conduziu sua campanha por um caminho perigoso e se opôs a qualquer relacionamento homoafetivo e aos homossexuais. Resultado: a campanha não só foi um fracasso, como seu principal vídeo rendeu quase 800 mil "não gostei" no YouTube.

5. Miley Cyrus - We Can't Stop

A outrora aclamada estrela da Disney Miley Cyrus abandonou a roupagem da personagem teen Hannah Montana para assumir de vez sua verdadeira identidade nos palcos há alguns anos. A vida desregrada da artista logo refletiu nas suas apresentações e clipes bizarros, como o de We Can't Stop em que ela aparece fazendo caretas, poses sensuais com outras mulheres, bonecas e ursos de pelúcia gigantes. Desagradou a mais de 1,05 milhão de pessoas.

4. PSY - Gangnam Style

Sim, o vídeo mais visto da história do YouTube também é o quarto mais odiado da história do site com mais de 1,07 milhão de "não gostei". O mais interessante é que o clipe de Gangnam Style também é o mais curtido da história do site.

3. Miley Cyrus - Wrecking Ball

Se no clipe de We Can't Stop Miley Cyrus aparece insinuando poses eróticas, em Wrecking Ball a cantora aparece completamente nua em cima de uma bola de ferro e distribuindo marretadas para cima e para baixo. Mais de 1,08 milhão de pessoas não gostaram.

2. Rebecca Black - Friday

A música de estreia de Rebecca Black não só a lançou no mundo artístico como também arruinou a sua carreira para sempre. A letra não só não faz sentido algum como também ensina as pessoas quais são os dias da semana na voz autotunada de Black. O clipe, horrendo, foi alvo da zoeira infinita da internet e rendeu inúmeros memes que até hoje circulam por aí. O vexame foi tão grande que a produtora de Black chegou a exclui-lo do YouTube, reativando-o em 2012. De lá para cá, o vídeo despertou a ira de mais de 1,38 milhão de pessoas.

1. Justin Bieber - Baby

Se Rebecca Black ocupa o segundo lugar com mais de 1,38 milhão de pessoas que odeiam seu clipe, Justin Bieber possui quase quatro vezes mais haters na sua lista. Baby, o primeiro grande sucesso do canadense, o lançou na indústria fonográfica e desagradou mais de 4,03 milhões de pessoas.

Quer saber quais são os vídeos mais adorados da história do YouTube? Então clica aqui.