Confira quais são os 10 vídeos mais odiados da história do YouTube

Por Sérgio Oliveira | 25 de Julho de 2014 às 10h05

Já faz algum tempo que o YouTube ocupa um importante espaço na vida das pessoas que antes era monopolizado pela televisão e os grandes veículos de telecomunicação. Agora, nós não só podemos escolher o que assistimos, como também podemos expressar nossa opinião para o bem ou para o mal.

Por esse motivo, quem se lança no maior site de compartilhamento de vídeos do mundo, seja artista ou não, está suscetível tanto ao afago dos fãs quanto à ira e raiva daqueles que o odeiam. E esses 10 vídeos sofreram com isso e se tornaram os mais odiados de todo o YouTube. Confira-os:

10. PSY - Gentleman

O sul-coreano PSY ganhou o rótulo de estrela pop quando seu vídeo Gangnam Style explodiu no YouTube e se tornou o mais visto da história do site. A fama, no entanto, é uma faca de dois gumes e se por um lado o tornou popular, por outro fez com que seus demais trabalhos fossem extremamente criticados. O clipe de Gentleman, um dos sucessos do asiático, foi alvo dessa crítica e já recebeu mais de 589 mil "não gostei" no YouTube.

9. Justin Bieber - Boyfriend

Muito antes de Justin Bieber ocupar as manchetes por causa do seu estilo de vida polêmico e controverso, o astro teen canadense era notado por seus recordes de visualização no YouTube. Agora, a lista de recordes do cantor ganha mais um registro, com Boyfriend sendo o nono vídeo mais odiado do site com mais de 590 mil avaliações negativas.

8. Rebecca Black - My Moment

Rebecca Black é aquele tipo de artista que procura os seus 15 minutos de fama. A cantora adolescente explodiu no YouTube com a canção Friday. O problema é que o clipe era medíocre e a voz de Black tinha tanto autotune que ela soava quase como um alienígena. Resultado: a zoação infinita depreciou todos os seus trabalhos e fez My Moment ser o oitavo vídeo mais odiado do YouTube com mais de 696 mil "não gostei".

7. Nicki Minaj - Stupid Hoe

Nicki Minaj pode ser uma das artistas mais famosas que temos hoje em dia, mas quando ela decidiu transportar toda a bizarrice de seu figurino para a letra de Stupid Hoe, fãs e haters não perdoaram. A música é terrível e incompreensível. O clipe, ídem. Resultado: 720 mil "não gostei" no YouTube.

6. Rick Perry - Strong

Quando o atual governador do estado norte-americano do Texas resolveu concorrer às eleições presidenciais dos EUA em 2012, ele conduziu sua campanha por um caminho perigoso e se opôs a qualquer relacionamento homoafetivo e aos homossexuais. Resultado: a campanha não só foi um fracasso, como seu principal vídeo rendeu quase 800 mil "não gostei" no YouTube.

5. Miley Cyrus - We Can't Stop

A outrora aclamada estrela da Disney Miley Cyrus abandonou a roupagem da personagem teen Hannah Montana para assumir de vez sua verdadeira identidade nos palcos há alguns anos. A vida desregrada da artista logo refletiu nas suas apresentações e clipes bizarros, como o de We Can't Stop em que ela aparece fazendo caretas, poses sensuais com outras mulheres, bonecas e ursos de pelúcia gigantes. Desagradou a mais de 1,05 milhão de pessoas.

4. PSY - Gangnam Style

Sim, o vídeo mais visto da história do YouTube também é o quarto mais odiado da história do site com mais de 1,07 milhão de "não gostei". O mais interessante é que o clipe de Gangnam Style também é o mais curtido da história do site.

3. Miley Cyrus - Wrecking Ball

Se no clipe de We Can't Stop Miley Cyrus aparece insinuando poses eróticas, em Wrecking Ball a cantora aparece completamente nua em cima de uma bola de ferro e distribuindo marretadas para cima e para baixo. Mais de 1,08 milhão de pessoas não gostaram.

2. Rebecca Black - Friday

A música de estreia de Rebecca Black não só a lançou no mundo artístico como também arruinou a sua carreira para sempre. A letra não só não faz sentido algum como também ensina as pessoas quais são os dias da semana na voz autotunada de Black. O clipe, horrendo, foi alvo da zoeira infinita da internet e rendeu inúmeros memes que até hoje circulam por aí. O vexame foi tão grande que a produtora de Black chegou a exclui-lo do YouTube, reativando-o em 2012. De lá para cá, o vídeo despertou a ira de mais de 1,38 milhão de pessoas.

1. Justin Bieber - Baby

Se Rebecca Black ocupa o segundo lugar com mais de 1,38 milhão de pessoas que odeiam seu clipe, Justin Bieber possui quase quatro vezes mais haters na sua lista. Baby, o primeiro grande sucesso do canadense, o lançou na indústria fonográfica e desagradou mais de 4,03 milhões de pessoas.

Quer saber quais são os vídeos mais adorados da história do YouTube? Então clica aqui.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.