Com investimento de US$1,5 bilhão, Coreia do Sul começará a construir rede 5G

Por Redação | 22.01.2014 às 19:06

Muita gente que está contente porque sua cidade recebeu, ou receberá, a cobertura da rede 4G pode começar a ficar triste a partir de agora. É que a Coreia do Sul anunciou que está pronta para liderar a evolução da internet móvel e investirá US$ 1,5 bilhão para iniciar o desenvolvimento e aplicação de uma nova rede de dados móvel no país, a 5G. Com ela, a nação espera disponibilizar um serviço até 1000 vezes mais rápido do que o atual 4G, capaz de baixar filmes inteiros em apenas alguns segundos.

A ideia, segundo o ministro de ciências do país, é que a tecnologia esteja disponível em no máximo seis anos. "Nós ajudamos a popularizar o 2G na década de 1990, o 3G nos anos 2000 e o 4G por volta de 2010. Agora é chegado o momento de adotar uma ação preventiva para desenvolver o 5G".

Já segundo um porta-voz do governo, o investimento é crucial para garantir que o país tenha um lugar de destaque nos próximos anos, uma vez que China, Estados Unidos e parte da Europa também estão investindo na criação da próxima geração de internet móvel.

De acordo com informações do Business Insider, o calendário do governo sul-coreano inclui um processo licitatório previsto para 2017 para definir o plano comercial que será adotado pelas operadoras e o lançamento do serviço totalmente funcional já em 2020.

Daqui para lá, a prioridade será definir as características da rede de transmissão e o levantamento de recursos para investir na expansão da infraestrutura, na tecnologia de imagem Ultra-HD, transmissão holográfica e plataformas de redes sociais avançadas. A ideia é que o dinheiro seja obtido a partir de acordos e investimentos vindos, principalmente, de telecoms, como a SK e Korea Telecom, e fabricantes de dispositivos do país, como a Samsung e LG.

Leia também: Seis tendências para o setor de Telecom em 2014