Publicidade

Lenovo apresenta soluções para levar IA para todos

Por| Editado por Jones Oliveira | 25 de Outubro de 2023 às 12h30

Link copiado!

Lenovo
Lenovo
Tudo sobre Lenovo

A Lenovo realizou nesta terça-feira (24) a 9ª edição do evento global Lenovo Tech World. O foco deste ano foi levar Inteligência Artificial a todas as pessoas e onde elas mais precisam, entre soluções de acessibilidade a modelos de fundação híbridos para IA Generativa.

O evento trouxe parcerias com Microsoft, AMD, Nvidia e Intel, além de projetos de desenvolvimento interno. Com a visão unificada de “IA para Todos”, a Lenovo está trabalhando para desenvolver a nova geração de infraestrutura pronta e otimizada para Inteligência Artificial por meio de parcerias para um mundo mais inteligente, inclusivo e sustentável:

“Estou muito feliz de compartilha nossa visão inovadora para entregar IA para todos - indivíduos e empresas - ao redor do mundo, através das capacidades computacionais Lenovo [do] bolso-para-a-nuvem, com conhecimento personalizado e avançado sobre indivíduos e empresas, enquanto garantimos a privacidade e segurança de dados. Esta também é uma celebração de parcerias com líderes na era da IA. Juntos, estamos liberando o poder da IA para ajudar a construir um mundo mais inteligente, inclusivo e sustentável", disse o CEO da Lenovo, Yuanqing Yang.
Continua após a publicidade

Projeto Libras

Aproximadamente 2,3 milhões de brasileiros são surdos ou possuem algum nível de dificuldade auditiva, e uma das propostas da Lenovo para promover acessibilidade via IA é o Projeto Libras. A tecnologia utiliza Inteligência Artificial associada a uma câmera para capturar e interpretar os movimentos precisos da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e reproduzi-los em uma plataforma de tradução em tempo real.

O Projeto Libras foi demonstrado ao vivo por Gabriel, desenvolvedor de software surdo, e apresentado por Rafael Leite, coordenador de Projetos de P&D da Lenovo Brasil. A intenção é criar uma ferramenta acessível que possa integrar pessoas surdas não oralizadas a mais pessoas e, principalmente, espaços de convívio geralmente pouco adaptados.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

A equipe de P&D da Lenovo reforçou que o Projeto Libras não visa substituir a necessidade e urgência de mais pessoas aprenderem a Língua Brasileira de Sinais, mas criar uma ponte de comunicação onde isso ainda é uma lacuna.

Implementar a tecnologia para empresas, comércio e hospitais, por exemplo, amplia a acessibilidade para toda essa população, principalmente a serviços essenciais onde, nem sempre, as equipes são devidamente treinadas. Além disso, essa solução também pode auxiliar no processo de aprendizado, acelerando a aquisição e internalização da Libras em instituições de ensino.

Como todo o processamento avançado da ferramenta é realizado em servidores na nuvem, ele depende de conexões de internet rápidas e estáveis. Por essa razão, o Projeto Libras ainda não pode ser implementado amplamente, mas a Lenovo já está estudando formas de adaptá-lo a setores econômicos específicos, e parte disso implica em soluções de computação de borda, aproximando servidores dos pontos onde os dados são gerados.

Continua após a publicidade

Modelos de Fundação Híbridos

No campo da IA Generativa, um dos desafios para contemplar todos os espaços de maneira adaptada é o processo de treinamento, e isso envolve os Modelos de Fundação. Atualmente, os treinamentos de inferência trabalham com três modelos: modelos públicos, com dados disponíveis em domínio público; privados, com informações corporativas, geralmente sigilosas; e modelos pessoais, focados no usuário da ponta, como gostos e conteúdo de redes.

Para cria um sistema de treinamento de inferência efetivo, a Lenovo anunciou o investimento de US$ 1 bilhão em criar modelos de fundação híbridos. Essencialmente, esses modelos utilizam avatares, ou gêmeos, de IA (AI Twins), aplicações de IA com conhecimento profundo da empresa ou usuário, com protocolos de permissão e segurança específicos para combinar os três modelos.

Continua após a publicidade

Dessa forma, é possível acessar modelos públicos, privados e pessoais sem que esse cruzamento de dados comprometa a segurança das informações em nenhum dos respectivos níveis. Com isso, todos os usuários — pessoais e corporativos — vão contar com assistentes de IA treinados utilizando dados reais para auxiliar em suas demandas, seja de trabalho, seja na rotina cotidiana.

O Lenovo Tech World 2023 ainda apresentou os primeiros servidores equipados com CPUs AMD Instinc dedicados para IA, além de outras parcerias que exploram todo o potencial disruptivo que a Inteligência Artificial para melhorar a sociedade como um todo.