Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Google Cloud vai usar IA para auxiliar clientes no varejo

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 11 de Janeiro de 2024 às 19h30

Link copiado!

Alex Dudar/Unsplash
Alex Dudar/Unsplash

Divisão do Google de armazenamento em nuvem para empresas, o Google Cloud anunciou novas soluções de IA generativa voltadas para o setor de varejo. As novas ferramentas prometem usar a inteligência artificial para atender clientes em lojas de e-commerce e agilizar a organização de estoques, de acordo com o site TechCrunch.

Suporte para clientes

Um dos produtos é o Conversional Commerce Solution (“Solução Conversacional para Comércio”, em tradução livre), permite criar chatbots mais poderosos em sites e aplicativos de lojas. Bots em e-commerces não são nenhuma novidade, mas a ferramenta destaca-se por oferecer ajuda específica na escolha de produtos com base nas escolhas do cliente.

Continua após a publicidade

A empresa informa que a ferramenta é personalizada de acordo com informações da própria marca, o que ajuda a criar resultados mais segmentados em cada uso. Além disso, usaria o modelo de linguagem PaLM, o mesmo do Bard.

Ajuda na organização

Outra ferramenta, chamada Catalog and Content Enrichment (“Enriquecimento de Catálogo e Conteúdo”, em tradução livre), atua nos bastidores da loja. A combinação dos modelos PaLM (para geração de textos) e Imagen (para geração de imagens) ajuda a gerar descrições de produtos, criar os metadados de cada item e organizar todo o estoque entre categorias. Além disso, as informações geradas por IA poderiam servir para a criação de novas imagens para o catálogo.

Mais detalhes em breve

O Google afirmou que vai trazer mais informações sobre a ferramenta, como os preços e demonstrações de uso, até o final do primeiro trimestre deste ano. 

Para justificar os lançamentos, a empresa divulgou uma pesquisa que informa que 81% dos tomadores de decisão do varejo sentem “urgência” em adotar IA generativa nos respectivos negócios, enquanto 72% estariam prontos para adotar a tecnologia imediatamente. Os setores de automação de atendimento ao consumidor e suporte de marketing são duas áreas que, na visão dos entrevistados, poderiam beneficiar-se das novidades o quanto antes.

Aos poucos, mais empresas anunciam novidades de IA voltadas para o varejo: a Amazon, por exemplo, lançou uma ferramenta que ajuda a escolher tamanhos e tipos de roupas de acordo com as preferências de cada cliente.

Continua após a publicidade

Fonte: TechCrunch