IFA 2018 | CEO da Samsung afirma que investirá bilhões em pesquisas de IA

Por Rafael Rodrigues da Silva | 31 de Agosto de 2018 às 19h55
Tudo sobre

Samsung

Saiba tudo sobre Samsung

Ver mais

A Samsung parece ignorar todos os alardes que pesquisadores, cientistas e escritores de ficção-científica têm feito ao longo de décadas. Durante a IFA 2018 em Berlim, HS Kim (CEO da companhia) anunciou que a sul-coreana irá investir bilhões de dólares no desenvolvimento tecnologias com inteligência artificial.

De acordo com Kim, a empresa já investiu U$ 14 bilhões somente no ano passado em seu setor de pesquisa e desenvolvimento, e a Samsung já se comprometeu a investir uma quantia de mais U$ 22 bilhões, exclusivos para o desenvolvimento de IA.

Inteligência Artificial é uma tecnologia que permite que os computadores aprendam com as próprias tarefas, tornando-se mais espertos e produtivos com o passar do tempo, e com capacidade de responder a pedidos de modo natural, como se você estivesse conversando com um humano. A IA não é exatamente uma novidade, e vários aparelhos já possuem esse tipo de tecnologia, como a os speakers inteligentes das linhas Echo, da Amazon; Google Home, da gigante das buscas; e HomePod, da Apple — todos equipados com assistentes artificialmente inteligentes, como Alexa, Google Assistente e Siri.

Até mesmo a Samsung já possui seu próprio assistente virtual — o Bixby, presente nos smartphones da linha Galaxy — e é o sucesso desses assistentes que impele a Samsung a investir ainda mais na tecnologia. Segundo Kim, mais de 600 milhões de pessoas ao redor do mundo estão usando esses assistentes virtuais ativados por voz pelo menos uma vez por semana, e acredita que esses dispositivos serão o futuro da indústria.

Revolução das máquinas

O grande problema é que muita gente ainda tem muitos receios sobre a tecnologia de IA — e não são somente pessoas desinformadas e desnecessariamente desconfiadas: grandes cientistas e inventores também estão neste grupo.

Um deles é o famoso físico Stephen Hawking, falecido em março deste ano. Hawking temia que uma IA pudesse aprender a se auto-replicar,tornando-se uma nova forma de vida que, um dia, poderia substituir os humanos. Outro crítico da ideia de se investir em IA é Elon Musk, CEO da Tesla e Space X. Para Musk, a existência de uma IA mais desenvolvida que um simples assistente virtual é um risco fundamental para a civilização humana.

Já Kim não se preocupa com esses prognósticos apocalípticos. Para ele, a IA pode ser um método de empoderar as pessoas, para que elas se sintam no controle do futuro que estão ajudando a criar. Ele também anunciou no evento que a Samsung irá abrir novos centros de pesquisa para IA não só na Coreia do Sul, mas também nos Estado Unidos, Canadá, Rússia e Reino Unido, deixando claro que o objetivo da empresa é ter milhares de pesquisadores experts em IA trabalhando para a Samsung em 2020.

Fonte: The Sun

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.