Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Samsung confirma que CPUs Snapdragon são ruins em games

Por| Editado por Luciana Zaramela | 09 de Julho de 2024 às 14h03

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Ivo Meneghel Jr/Canaltech

A Qualcomm deu um grande passo em 2024 ao lançar os primeiros notebooks equipados com processadores Snapdragon X Elite e X Plus. Contudo, os modelos apresentam muitas dificuldades para rodar aplicações específicas, como games, e a situação levou a própria Samsung a confirmar que essas CPUs não foram feitas para jogos.

O anúncio foi feito em uma página oficial da empresa para o público sul-coreano, alertando que a nova linha Galaxy Book4, com destaque para a variante Edge, pode não rodar certos games ou até mesmo outras aplicações. Por conta dos novos produtos da fabricante terem variantes com os chips Snapdragon, a companhia resolveu avisar ao público que esse lançamento não atenderá todos os públicos.

A notificação para os consumidores é uma estratégia louvável por parte da empresa, já que diversos testes recentes apontam as limitações das CPUs Snapdragon. O motivo para os problemas está na arquitetura Arm utilizada, ou seja, bem diferente da arquitetura x64 e x86 usada na maioria dos computadores e softwares atuais.

Continua após a publicidade

Para contornar o problema, a Qualcomm revelou que aplicações como games rodariam nessas máquinas por emulação com a tecnologia Prism. Mesmo assim, o desempenho dos primeiros Copilot+PCs nesses softwares ainda é bem questionável. O comunicado da Samsung ainda aponta aplicativos da Adobe, como InDesign, Illustrator, After Effects e Premier Pro como incompatíveis.

O Galaxy Book4 já está disponível para compra no Brasil, assim como alguns notebooks da Lenovo com processadores Snapdragon.

Fonte: Samsung