Razer entra no mercado de componentes para PC com CPU cooler, fonte e mais

Razer entra no mercado de componentes para PC com CPU cooler, fonte e mais

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 22 de Outubro de 2021 às 14h15
Divulgação/Razer

A Razer realizou nesta quinta-feira a RazerCon 2021, conferência anual em que revela as principais novidades que pretende trazer ao mercado nos meses seguintes. Alguns dos lançamentos deste ano incluíram a aguardada máscara Zephyr contra Covid-19, além de novos microfones com foco na alta qualidade de som.

Outra novidade interessante foi a entrada da companhia no segmento de componentes para PC — a empresa já se arriscou no passado com um gabinete e alguns mini PCs, mas esta é a primeira vez que a marca lança produtos pensados para o público que opta por montar os próprios computadores.

Razer revela seus primeiros componentes para PC

As ventoinhas Razer Kunai foram o primeiro lançamento da empresa, tendo o design como um dos destaques — o componente foge do tradicional formato quadrado visto em boa parte dos concorrentes para um visual mais minimalista, em forma de círculo. Como é costume dos acessórios da marca, há iluminação RGB configurável, presente nas bordas das fans.

A Kunai será disponibilizada em modelos de 120 mm e 140 mm, e pode ser gerenciado por outra das novidades, o Razer PWM, um controlador de fans configurável através do software Razer Synapse. O acessório possibilita não apenas o controle da iluminação RGB, como também da curva de funcionamento das ventoinhas, para ajustes do fluxo de ar e temperatura do gabinete.

A Razer entra no mercado de componentes com as ventoinhas Kunai, o water cooler Hanbo, o controlador PWM e as fontes Katana (Imagem: Divulgação/Razer)

Ainda no sistema de resfriamento, a companhia revelou o Razer Hanbo, um water cooler desenvolvido em parceria com a Asetek, empresa responsável por soluções de refrigeração de marcas como MSI e Cooler Master. Em comunicado à imprensa, foi confirmado que a parceria deve se estender, com mais modelos de coolers sendo lançados futuramente.

Assim como as ventoinhas Kunai, que também equipam o radiador do Hanbo, o design geral é sóbrio, com círculos de iluminação RGB na bomba. O cooler AiO será disponibilizado em versões de 240 mm e 360 mm, e teve compatibilidade com a nova linha Intel Alder Lake garantida, além da próxima geração de chips AMD Ryzen.

Fechando o pacote de soluções, há a Razer Katana, família de fontes que, assim como os outros componentes, adota design sóbrio com acabamento fosco, sendo a iluminação RGB da ventoinha a única exceção.

A linha trará modelos modulares de 750 W a 1.200 W e promete desempenho premium com alta eficiência, certificada pela classificação 80 Plus Platinum. Para os usuários mais avançados, com configurações de maior consumo, há ainda uma variante com potência de 1.600 W, e classificação 80 Plus Titanium, mais alta da escala.

Por fim, a Razer revelou ter montado uma nova equipe para comandar sua entrada no segmento de componentes. Um detalhe curioso é que o time é liderado por um dos cofundadores da Corsair, Richard Hashim — Razer e Corsair são concorrentes no setor de periféricos, e agora passarão a rivalizar também no mercado de peças para PC.

Preço e disponibilidade

Todos os componentes chegam ao mercado global entre o final de 2021 e o início de 2022. Até o momento, a Razer divulgou apenas os preços das ventoinhas Kunai, que serão vendidas por valores a partir de US$ 44,99 (cerca de R$ 260, em conversão direta) cada, e do controlador PWM, vendido por US$ 49,99 (~R$ 285). Também não há previsão para a chegada dos componentes ao mercado brasileiro.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.