Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Para CEO da AMD, IA terá papel importante no desenvolvimento de chips

Por| Editado por Jones Oliveira | 12 de Julho de 2023 às 16h40

Link copiado!

Reprodução/AMD
Reprodução/AMD
Tudo sobre AMD

O desenvolvimento de chips com ajuda de inteligência artificial deve ser o próximo grande passo na indústria de semicondutores. Pelo menos foi nisso que a CEO da AMD, Lisa Su, disse acreditar durante sua participação na Conferência Mundial de Inteligência Artificial (WAIC).

A fala da executiva não é da boca para fora. Segundo ela, a AMD já utiliza IA em partes específicas na produção dos chips, como na elaboração do design, testagem e verificação dessas peças. Todavia, a intenção da companhia da Califórnia é introduzir o uso desse tipo de tecnologia de forma cada vez mais aprofundada com o passar do tempo.

Para isso, será necessária uma "colaboração interdisciplinar” entre outras gigantes para que esse tipo de aplicação se consolide. O CEO da NVIDIA, Jensen Huang; e Mark Papermaster, chefe do escritório de tecnologia da AMD, têm visões similares sobre o avanço da Inteligência Artificial para o mundo dos semicondutores.

Continua após a publicidade

Em entrevista ao Tom’s Hardware, Paparmaster comentou que o desenvolvimento de chips com Inteligência Artificial tem a capacidade de aprender e acelerar continuamente os processos de fabricação desses componentes. Dessa forma, a expectativa é que hajam melhorias de desempenho e eficiência energética. Em breve, já deverá ser possível observar mais modificações graças a esse recurso, como mudanças importantes na microarquitetura dos chips.

Uso de IA no desenvolvimento de chips em "place and route"

No estágio atual dentro da AMD, a utilização da IA no design dos chips está concentrada no estágio de “place and route”, ou seja, a etapa em que há a inserção física (place) de cada componente — transistores, portas lógicas, memórias — no layout da peça. Após isso, cada componente deverá ser interconectado (route) através de trilhas metálicas para que todos consigam enviar e receber os sinais elétricos e funcionarem corretamente.

Outro papel importante da IA no desenvolvimento é a redução do tempo necessário para encontrar bugs e erros na produção. Assim, a testagem e a verificação se tornam mais rápidas, e a cada nova verificação, mais a tecnologia consegue entender padrões de erros, identificá-los rapidamente e prevenir que aconteçam de novo.

Mesmo assim, as gigantes parecem querer ir adiante. A grande ideia para o futuro é realizar uma integração entre IAs e a Automação de Projeto Eletrônico (EDA). A EDA é um conjunto de ferramentas e soluções em software criadas para ajudar em todas as etapas na elaboração de um semicondutor, desde a criação dos diagramas até a fabricação em si.

A empresa Synopsys criou o Synopsys.io e saiu na dianteira ao lançar a primeira EDA integrada com Inteligência Artificial no início de 2023.

Continua após a publicidade

Fonte: DigiTimesAsia (via Tom's Hardware)