Intel Core i9 12900KS bate recordes e atinge os 7,45 GHz com overclock

Intel Core i9 12900KS bate recordes e atinge os 7,45 GHz com overclock

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 11 de Abril de 2022 às 13h33
Divulgação/Intel

Menos de uma semana após estrear oficialmente, o Intel Core i9 12900KS já bateu recordes mundiais nas mãos de overclockers profissionais. O chip, uma edição especial do Core i9 12900K com clocks mais altos de fábrica, superou a barreira dos 7,0 GHz e atingiu pontuações extremamente altas em múltiplos benchmarks, ainda que haja alguns poréns no processo.

Core i9 12900KS bate recorde e atinge 7,45 GHz

O primeiro recorde, batido pelo overclocker profissional TSAIK no dia do lançamento, levou o Core i9 12900KS aos 7,45 GHz. O processador foi montado em uma placa-mãe MSI MEG Z690 UNIFY-X, modelo especial com alguns ajustes focados em overclocking, acompanhado de 16 GB de RAM DDR5-4800 e de uma Nvidia GeForce RTX 2060 SUPER.

Apesar de muito animador, o número exigiu métodos extremos: além de refrigeração controlada com nitrogênio líquido (LN2), TSAIK precisou limitar o funcionamento da CPU a apenas um núcleo P-Core de alto desempenho. Assim sendo, o resultado chega apenas como uma curiosidade, já que é impraticável em usos reais.

TSAIK bateu recorde e chegou aos 7,45 GHz com o Intel Core i9 12900KS, mas precisou manter apenas um núcleo ativo (Imagem: TSAIK/HWBot)

Outro ponto importante a se destacar é que o Core i9 12900K padrão atingiu velocidades ainda mais altas nas mãos de outro overclocker e colaborador do portal Tom's Hardware, Allen Golibersuch, também conhecido como Splave — o componente atingiu os 7,6 GHz com todos os 16 núcleos ativados.

Dito isso, o 12900KS ainda é muito recente, e é bastante provável que o chip atinja resultados melhores com o tempo, conforme o processo for aprimorado e os overclockers entendam melhor como lidar com o processador, especialmente considerando a natureza selecionada do silício.

Com todos os núcleos ativos e overclock para 7,0 GHz, o oveclocker Splave superou pela primeira vez a barreira dos 100 mil pontos no Geekbench 4 com o i9 12900KS (Imagem: Splave/HWBot)

Splave também teve acesso ao lançamento da Intel e já conquistou alguns recordes próprios em benchmarks bastante populares, como diferentes versões do Cinebench e do Geekbench. Uma das conquistas de maior destaque é a pontuação marcada no multi-core do Geekbench 4, que atingiu os 100.675 pontos.

Essa é a primeira vez que a barreira dos 100 mil pontos foi superada no teste, seguida de perto pelo recorde anterior de 97.800 pontos no segundo lugar, marcado pelo Core i9 12900K tradicional.

Edição especial tem silício selecionado e 5,5 GHz de fábrica

Anunciado durante a CES 2022 e lançado oficialmente no último dia 5 de abril, o Intel Core i9 12900KS é uma versão especial do topo de linha da 12ª geração Alder Lake obtida através de binning, processo em que os melhores dies são selecionados para compor o estoque de um chip. A novidade embarca basicamente as mesmas especificações do 12900K, com exceção das velocidades e do consumo.

Através de binning, o Intel Core i9 12900KS atinge de fábrica os 5,5 GHz (Imagem: Intel)

O processador traz 16 núcleos e 24 threads, sendo 8 P-Cores de alto desempenho com Hyper-Threading e 8 E-Cores de baixo consumo, acompanhados de 30 MB de cache L3 e GPU UHD Graphics 770, com 32 Unidades de Execução (EUs) rodando a até 1.550 MHz. As vantagens estão nos clocks, que sobem até 300 MHz em comparação ao modelo padrão.

Nos P-Cores, a velocidade base é de 3,4 GHz, mas pode atingir impressionantes 5,5 GHz de fábrica com um único núcleo, ou 5,2 GHz com todos ativados. Já nos E-Cores, o clock base é de 2,5 GHz, chegando aos 4,0 GHz. Como consequência, o consumo também aumentou de forma notável, passando de 125 W para 150 W. O Core i9 12900KS já está disponível no Brasil, com preço sugerido de R$ 6.189.

Fonte: Tom's Hardware

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.