Intel confirma 11ª geração de processadores Rocket Lake para o início de 2021

Por Wagner Wakka | 07 de Outubro de 2020 às 13h01
Divulgação/Intel
Tudo sobre

Intel

Saiba tudo sobre Intel

Ver mais

Em comunicado oficial enviado à imprensa, a Intel confirmou o lançamento da 11ª geração de processadores Rocket Lake para desktop para o primeiro trimestre de 2021. Rumores recentes apontados pelo site HD Tecnologia indicavam que a companhia tem um cronograma voltado para lançamento da nova linha em março do ano que vem.

“Como seria de se esperar, estamos constantemente olhando para o futuro e pensando em como podemos tornar nossas CPUs de desktop ainda melhores. Fico feliz em confirmar que a próxima geração de processadores Intel Core para desktop de 11ª geração Rocket Lake chega no início de 2021 com suporte para PCIe 4.0. Será mais um processador fantástico para jogos. Em breve, teremos mais detalhes”, informou John Bonini, vice-presidente e gerente geral para as áreas de games, desktop e estações de trabalho da Intel.

Como apontado pelos vazamentos do HD Tecnologia, os novos componentes devem ser lançados para placas-mãe com chipset da série 500, que já vão contar com o conector PCIe 4.0. A proposta é ser compatível com placas de vídeo e SSD mais velozes.

O executivo não confirmou a data para março do ano que vem, mas o vazamento e informações do site Videocardz ajuda a reforçar a data. Apesar disso, é possível cravar uma nova geração de desktops para o início do ano que vem. A expectativa é de que a família Rocket Lake chegue com 8 núcleos ainda sob litografia de 14 nm.

Intel nos games

O comunicado veio para reforçar o compromisso da Intel com games. A empresa lembra de parcerias com desenvolvedoras de jogos como Huya, Bandai Namco, Ubisoft, SEGA, Joyy e outros. A gigante trabalhou com a Microsoft para otimizar games como Flight Simulator 2020 e Gears Tactics, além de Total War Saga: Troy.

Curiosamente, o comunicado veio um dia após a divulgação da pesquisa do Steam, mostrando que a AMD está ganhando espaço entre os jogadores. Em abril de 2019, a mesma pesquisa mostrava 18% dos usuários com CPUs AMD. Agora, esse número subiu para 25,75% em pouco mais de um ano. A Intel, contudo, ainda domina 74% do mercado.

A AMD também tem um evento marcado para esta quinta-feira (8) em que deve revelar os chips da com arquitetura Zen 3, além das duas novas placas de video com arquitetura RDNA 2.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.