Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Danamics LMX | Air Cooler perigoso funcionava com metal líquido

Por| Editado por Jones Oliveira | 04 de Outubro de 2023 às 13h05

Link copiado!

Der8auer/Reprodução
Der8auer/Reprodução

Entre 2008 e 2010, a Danamics, empresa especializada em soluções de arrefecimento para PCs, lançou a linha de coolers Danamics LMX. Apesar de parecer um cooler para CPU padrão, a linha trazia uma liga de metal líquido nos heatpipes, que rendeu o apelido de “cooler mais perigoso”.

O LMX teve distribuição bastante restrita, com poucas unidades comercializadas e pouco tempo após seu lançamento a Danamics abriu falência, descontinuando o produto. Recentemente, o YouTuber Der8auer teve acesso a um dos LMX que circulam em sites de revendes e revelou alguns dados sobre o projeto inusitado.

Continua após a publicidade

Muito risco para pouco retorno

Uma das motivações para desenvolver o LMX é o desempenho relativamente baixo de coolers padrão para CPU, quando comparados a kits de arrefecimento líquido. A ideia era maximizar a troca de calor entre o ambiente e as aletas de dissipação, utilizando compostos com mais condutividade térmica dentro dos heatpipes, e o material escolhido foi uma liga de sódio e potássio.

Segundo os dados da empresa, a condutividade térmica do composto de metal líquido é, realmente, trinta vezes superior à da água. No entanto, devido à estrutura física diferente, os processos de convexão que movimentam os fluidos de arrefecimento em sistemas padrão não são eficazes em ligas metálicas.

Por essa razão, o kit dependia de uma bomba eletromagnética dedicada de 30A para movimentar o composto dentro do sistema. O detalhe mais problemático do LMX, no entanto, é a sua lista de precauções. Ela envolve de cuidados no transporte, descarte especializado e uma lista itens de segurança para lidar com possíveis vazamentos dos heatpipes.

Nos testes realizados pelo YouTuber, o desempenho do Danamix LMX atingiu picos de temperatura acima dos 90 ºC em um i9-12900KS, ainda abaixo do limite térmico para thermal throttling. Para fins de comparação, o Noctua NH-U12A, um dos modelos mais populares da Noctua, opera com médias até 10 ºC abaixo do LMX.

Sendo assim, para um cooler de 2010, o resultado é melhor do que esperado, especialmente em um CPU tão exigente quanto a série i9, mas o risco e complexidade do projeto não justificam o investimento. Curiosamente, a Danamix abriu falência no final de 2010, e o custo em P&D do LMX, provavelmente, teve sua parcela de culpa nisso.