Chips Intel Alder Lake têm supostos preços divulgados por vazamento

Chips Intel Alder Lake têm supostos preços divulgados por vazamento

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 02 de Setembro de 2021 às 11h09
Intel

Alvo constante de vazamentos, especialmente com a proximidade de sua suposta data de lançamento, a 12ª geração de processadores Intel Alder Lake marca uma das maiores mudanças no desenvolvimento de chips da marca em anos. A família estreará a arquitetura híbrida da fabricante em desktops, além de ser a primeira a contar com litografia de 10 nm, a Intel 7, em todos os segmentos.

Com resultados vazados apontando para ganhos massivos de desempenho, é possível que a Intel também esteja pronta para aumentar de maneira significativa os preços dos componentes. Pelo menos é o que aponta o mais novo vazamento de supostos valores de venda europeus, divulgados pelo renomado leaker @momomo_us.

12ª geração Alder Lake tem supostos preços vazados

O leaker reuniu em uma lista os valores encontrados em algumas varejistas, incluindo a BTW, taxa aplicada em produtos na Bélgica e Países Baixos, e mostra um cenário misto. Alguns dos preços são relativamente próximos ao dos chips equivalentes da geração anterior, enquanto outros trazem um aumento notável frente aos antecessores.

Um exemplo visível com a imagem divulgada é do Core i9 12900K — incluindo a taxa BTW, o próximo topo de linha da Intel varia entre 653 e 740 euros, enquanto o i9 11900K pode ser encontrado entre 567 e 670 euros. No melhor dos cenários, a nova CPU será 17 euros mais barata, mas a diferença pode chegar a mais de 170 euros entre o 11900K mais barato e o 12900K mais caro.

Caso as informações se comprovem, a gigante de Santa Clara deve reposicionar toda a família Alder Lake seguindo o aumento de desempenho visto em benchmarks vazados. Vale lembrar que se tratam de preços preliminares, e os valores finais após o lançamento podem ou não seguir uma linha parecida. O provável é que as listagens estejam inflacionadas, e a Intel pode reduzi-los após o anúncio oficial.

Linha estreia arquitetura híbrida da Intel em desktops

Reunindo dados vazados com informações já divulgadas pela Intel, a 12ª geração Alder Lake será a primeira para desktops a seguir os passos de chips para celulares ao empregar dois conjuntos de núcleos: um dedicado ao alto desempenho, contando com os Performance Cores (P-Cores), e outro pensado para tarefas mais simples e baixo consumo, os Efficient Cores (E-Cores).

Os novos chips Alder Lake contam com até 16 núcleos e 24 threads, divididos entre grupos de alto desempenho e de baixo consumo (Imagem: Divulgação/Intel)

A empresa deve focar em desktops inicialmente com o lançamento de três modelos e suas variantes sem GPU integrada: o Core i9 12900K, o i7 12700K e o i5 12600K. O topo de linha chegará com 16 núcleos e 24 threads, em configuração de 8 P-Cores com Hyper-Threading e 8 E-Cores sem Hyper-Threading, enquanto o chip mainstream trará 12 núcleos e 20 threads, com 8 P-Cores e 4 E-Cores.

Por fim, a solução intermediária adotará 6 P-Cores e 4 E-Cores. Apesar de operarem com consumo e temperatura maiores, como indicam alguns testes, os componentes poderão superar seus concorrentes diretos em até 60%, como é o caso do comparativo entre i7 12700 e Ryzen 7 5800X. O lançamento da nova família de CPUs está previsto para outubro, janela de estreia cada vez mais reforçada com o vazamento de testes e preços.

Fonte: WCCFTech, Tom's Hardware

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.